Por conta da pandemia da Covid-19, as vendas por e-commerce cresceram de forma significativa. Porém, mesmo quando essa questão de saúde pública estiver totalmente solucionada, o comércio eletrônico seguirá em alta. É por isso que investir em diferentes canais de vendas é tão importante.

De acordo com um levantamento feito pelo Relatório Global Ouro 2021, da Mastercard, a expectativa é que 20 a 30% das operações que migraram das lojas físicas para o meio digital durante o isolamento social vão permanecer quando o surto chegar ao fim. 
 

É por isso que investir na diversidade de canais no atacado distribuidor é importante para os lojistas. Siga conosco e veja mais informações sobre o assunto!
 

A importância dos canais de venda nos dias atuais

Como vimos, o e-commerce teve um boom e deve se manter em alta. O consumidor aprendeu a comprar online e, agora, vai seguir usando essa alternativa, mesmo após o fim da pandemia.
 

Apesar disso, as vendas físicas não deixarão de existir. Muitos consumidores, principalmente no meio empresarial, preferem comprar online. Logo, para vendas do tipo B2B, continuar apostando na figura do vendedor externo é uma boa ideia.
 

O que não pode acontecer é concentrar todos os esforços na figura desse profissional. Ter múltiplos canais de vendas é essencial para continuar vendendo bem e atendendo às demandas de todos os tipos de clientes.
 

A boa notícia é que já existem ferramentas que ajudam na execução desse tipo de estratégia. Falaremos sobre isso mais adiante.
 

Principais canais de vendas para as empresas

Há uma ampla variedade de canais de venda para as empresas. A seguir, apresentaremos alguns dos principais.
 

E-mail marketing

O e-mail marketing é um canal bastante eficiente e que não deve ficar de fora das estratégias das empresas. Por meio dele, é possível educar possíveis consumidores ou leads e aumentar as vendas.
 

Uma vantagem do e-mail marketing é que ele pode ser usado em diferentes níveis das estratégias de vendas. Desde a prospecção, passando pela venda propriamente dita e pelo pós-vendas – tudo pode ser feito por meio desse canal.
 

E-commerce

Com o e-commerce, você tem total controle sobre as suas vendas, inclusive a parte logística, para que seja feita a entrega dos produtos na casa dos clientes.
 

É claro que empresas terceirizadas podem ser contratadas para realizar essa etapa, no entanto, o trabalho é de sua responsabilidade e não de outras pessoas.
 

Marketplace

Ao contrário dos e-commerces, no marketplace você apenas disponibiliza os seus produtos, que são vendidos por outras empresas. É o caso, por exemplo, do Mercado Livre e outros sites do tipo.
 

Ou seja, os marketplaces são plataformas gigantes e que já têm um público cativo. Elas são uma boa alternativa para quem ainda não têm um e-commerce conhecido, porém, apresentam desvantagens, como o pagamento de taxas na intermediação.
 

Sobre as questões que envolvem a logística e outros fatores, as responsabilidades podem ser compartilhadas, dependendo de cada caso.
 

Programas de afiliados

Uma boa maneira de vender mais, e que tem crescido como canal de vendas, é os programas de afiliados. Trata-se de uma modalidade que consiste em dar recompensas a terceiros, que vendem para você.
 

Dessa forma, se a sua empresa comercializa algum tipo de produto ou serviço, pode fazer parcerias com afiliados. Uma pessoa com um blog, por exemplo, pode colocar links da sua página de vendas em seu canal.
 

Assim sendo, as vendas feitas por meio desse link renderão uma comissão para o vendedor. Esse tipo de estratégia costuma ser bem promissora para determinados nichos de mercado.
 

Redes sociais

Não podemos falar em canais de vendas online sem citar as redes sociais. O Facebook e o Instagram, por exemplo, não podem ficar de fora de uma estratégia online nos dias atuais.
 

Ambas as plataformas contam com recursos que possibilitam o impulsionamento de publicações de vendas, como links que direcionam para o e-commerce. 
 

Além disso, elas também contam com recursos extras, como verdadeiras lojas online, em que é possível colocar o preço dos produtos e intermediar negociações.
 

Pontos de venda

Quando falamos em canais de vendas offline, a primeira coisa que nos vem à cabeça são os pontos de venda, ou seja, as lojas físicas. Elas ficam localizadas nas ruas das cidades ou em shoppings centers.
 

Nesse tipo de estabelecimento, é preciso agir com estratégia para atender bem os consumidores, como oferecer um atendimento personalizado.
 

Nos tempos atuais, por conta da pandemia, também é preciso oferecer segurança para os clientes. Oferecer álcool em gel 70% e manter o distanciamento social, por exemplo, é essencial.
 

Representante comercial

O representante comercial é o profissional que fica responsável por identificar as necessidades que os clientes têm. Também é dele a incumbência de fazer vendas consultivas.
 

Até pouco tempo atrás, era comum que os representantes comerciais tivessem que fazer muitas visitas presenciais às empresas. Agora, isso está mudando e o trabalho já pode ser feito pela internet, em alguns casos. 
 

Venda+: ferramenta une vendas online e físicas

Apostar em diferentes canais de vendas é necessário e já existem aplicações que garantem que isso aconteça. Exemplo disso é o Venda+, novo aplicativo produzido pela LifeApps, empresa do Grupo Máxima.
 

O Venda+ é um canal de conexão entre o RCA, a empresa e o cliente. Esse novo meio de comunicação permite que o vendedor externo ganhe muito mais mobilidade, independência e venda mais, mas não necessariamente de forma presencial. O trabalho online também é conduzido na plataforma.
 

O app Venda+, portanto, tem como grande diferencial unir as vendas online e físicas, de modo que elas andem juntas e complementem umas às outras. Sendo assim, elas ocorrem de maneira paralela, no mesmo espaço. 
 

Inédita no mercado, o Venda+ pode ampliar rotas e a área de cobertura, sem que o RCA precise mudar o seu trajeto habitual ou aumentar os custos operacionais. Isso porque os relacionamentos podem ser feitos de forma totalmente remota.
 

É possível, até mesmo, negociar com os clientes sem encontrar com eles de forma presencial, independentemente do canal de vendas escolhido.
 

Omnichannel: o caminho para unir os canais de vendas

Omnichannel é uma estratégia de uso simultâneo e interligado entre diferentes canais de comunicação. Ela tem o objetivo de estreitar a relação entre online e offline, aprimorando, dessa maneira, a experiência do cliente. 
 

Essa tendência do varejo permite a convergência do virtual e do físico. Isso porque os sistemas de omnichannel, como é o caso do Vendas+, possibilita que tudo seja integrado.
 

A ideia é que se tenha controle de tudo o que o cliente necessita em um mesmo espaço. Imagine, por exemplo, que uma pessoa tenha enviado uma mensagem pelo WhatsApp pedindo uma informação. 
 

No dia seguinte, ela resolve fazer uma ligação telefônica ou ir presencialmente até a empresa. Para não ter que iniciar o atendimento do zero, é possível que o atendente consulte as interações anteriores. Dessa maneira, poderá ter uma noção sobre aquilo que já foi conversado com esse consumidor anteriormente.
 

Desafios para atender em diferentes canais de vendas

Quando falamos em desafios para atender em diferentes canais de venda, é preciso compreender que uma ação não está contra a outra.
 

É necessário agir com estratégia para que os canais se integrem e trabalhem juntos em prol de um objetivo em comum. A busca por soluções desse tipo é o que faz com que se tenha sucesso ao integrar canais, e a ferramenta Venda+ proporciona isso.
 

Em suma, é preciso ter em mente que o atacado distribuidor precisa facilitar a experiência de compra. Para isso, devem ser oferecidas diferentes opções de canais de vendas, de forma que cada consumidor possa adquirir os produtos ou serviços da maneira que julgar mais conveniente.
 

Além disso, com o Venda+, você não fica ligado apenas ao vendedor externo. Com a nossa ferramenta, você trabalha com múltiplos canais de vendas! 
 

Para saber mais, conheça o Venda+, a ferramenta da LifeApps que possibilita que vendas online e físicas caminham juntas.