Se uma empresa de comércio eletrônico deseja permanecer relevante em seu mercado, ter uma forte presença digital é essencial – e os influenciadores digitais podem ser ótimos aliados para conquistar esse objetivo.

É na internet que estão as grandes oportunidades para as organizações atualmente. E isso é ainda mais notável para empresas que atuam digitalmente – como os e-commerces.

Porém, é preciso considerar que os consumidores de hoje são mais resistentes às estratégias de marketing tradicionais. Eles aprenderam a buscar mais informações antes da compra e, muitas vezes, contam com o boca a boca para tomar suas decisões.

Os consumidores querem ouvir recomendações de pessoas em quem confiam. Portanto, se você conseguir que um influenciador (uma figura confiável e com uma boa audiência) recomende seus produtos ou serviços, isso pode resultar em um grande aumento nas vendas e, até mesmo, mudar a dinâmica do mercado.

Muitas marcas usam os influenciadores digitais como sua principal estratégia de comércio eletrônico, e alcançam resultados incríveis. Se feito corretamente, pode se tornar a maneira mais eficaz e confiável de expandir seu alcance e garantir um crescimento sustentável.

Mas, afinal, como os influenciadores digitais podem ajudar o seu e-commerce a prosperar no mercado? Acompanhe. 

O que são os influenciadores digitais?

Há muito buzz em torno do termo “marketing de influência”, e por um bom motivo. Se implementado corretamente, ele pode ajudar a aumentar as vendas e garantir um crescimento consistente, fornecendo um ROI que não pode ser superado com outras ações de marketing.

Porém, para compreender o marketing de influenciador, é fundamental identificar o que exatamente constitui o seu protagonista: o influenciador digital (ou digital influencer).

Em seu sentido mais básico, um influenciador é uma personalidade que tem um impacto acima da média em seu campo.

Ele, geralmente, é uma pessoa que acumulou um grande número de seguidores nas redes sociais por causa do conteúdo que produz, ao contrário das celebridades, que geralmente se tornam famosas através dos meios de comunicação tradicionais, como a TV ou o rádio. É por isso que as celebridades não se enquadram na mesma categoria que os influenciadores, mesmo que ambas possam desempenhar funções semelhantes ao promover um negócio.

Embora as celebridades possam oferecer uma exposição incrível, promover seu negócio de comércio eletrônico por meio de influenciadores digitais pode ser mais eficaz, pois você pode atingir um público muito mais direcionado.

Lembre-se de que essas pessoas conquistaram todos os seus seguidores no setor em que você opera, o que significa que eles já estão interessados nas coisas que são promovidas pelo perfil.  

Além do mais, os influenciadores costumam estar muito bem conectados com os meios de comunicação, comunidades e outros contatos relevantes, o que é crucial ao tentar aumentar o conhecimento da marca e estabelecer seu lugar no mercado.

Quais resultados os influenciadores digitais podem gerar?

Embora seja um desafio medir o retorno do investimento (ROI) exato, os benefícios de contar com uma parceria com influenciadores digitais são claros. Desde a construção de confiança até o aumento do tempo dos visitantes no seu site, essa estratégia pode transformar (e impulsionar) os resultados do seu e-commerce.

Veja quais são os principais benefícios de trabalhar com influenciadores digitais:

1. Criação de confiança no mercado

Ao contrário de um anúncio na televisão ou publicidade na internet, o conteúdo dos influenciadores digitais é visualizado por vontade própria do seguidor. Por meio de narrativas excepcionais, bons conselhos e um estilo de vida, muitas vezes, invejável, os criadores de conteúdo podem estabelecer confiança entre marcas e consumidores, endossando os produtos e serviços de que realmente gostam.

Como o público de um influenciador, muitas vezes, compartilha um conjunto semelhante de interesses, estilos e crenças, os consumidores confiam que as marcas que estão promovendo devem ser boas.

Imagine que você siga um desenhista que admira muito no Instagram e ele recomende os produtos da marca X. Quando você comprar materiais para treinar os seus próprios desenhos, pode estar bastante condicionado a procurar por essa específica – afinal, você recebeu uma indicação de um especialista na área.

2. Geração de conteúdo

Uma pesquisa da SalesForce identificou que os consumidores se envolvem com cerca de 11,4 conteúdos antes de fazer uma compra. Esse fato significa que as empresas precisam de uma estratégia de marketing de conteúdo robusta para se manter competitivas em seu setor.

Os influenciadores podem ajudá-lo exatamente neste ponto: gerar conteúdo de valor. Essas figuras se tornaram influências justamente pela sua capacidade de criar um conteúdo que atrai o público. E você pode usar essa habilidade a seu favor.

3. Aumento do alcance

Você pode ter os melhores produtos e serviços do mundo, mas não importará muito se ninguém os vir, não é? Muitos gestores já ficaram frustrados ao ver concorrentes com produtos inferiores e/ou preços menos atrativos conseguindo gerar resultados de vendas melhores do que os da sua própria empresa – e a explicação pode estar justamente no alcance obtido.

Os melhores influenciadores digitais vão aumentar o alcance da sua empresa na internet. Eles já possuem naturalmente um alto número de seguidores fiéis, e com conteúdos de qualidade (que podem se tornar virais), esse alcance pode ser ainda maior.

4. Tráfego relevante para o site

Embora muitas plataformas de mídia social estejam abrindo a opção de compras diretamente em suas redes, você ainda deseja que os consumidores visitem seu site – e o marketing de influenciador pode ajudá-lo a fazer exatamente isso.

Além do aumento natural de visitantes pelo aumento da exposição da marca, muitos dos influenciadores digitais também têm um site e vários canais em mídias sociais – o que significa que há uma infinidade de fontes de tráfego.

5. Melhoria da taxa de conversão

Quando existe uma boa estratégia por trás das ações com influenciadores digitais, é possível transformar rapidamente visitantes em compradores. Ou seja, o tráfego que chega ao seu site tem mais probabilidade de achar o que você tem a oferecer atraente.

6. Otimiza o site

Quando os influenciadores publicam links que levam ao seu e-commerce, você pode aumentar sua classificação de pesquisa e autoridade em um piscar de olhos. Ou seja, essa é uma boa estratégia de SEO para melhorar o ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca.

Como explorar os influenciadores digitais?

1. Faça uma boa base

Antes de construir uma estratégia de marketing de influenciadores para sua marca de comércio eletrônico, é importante fazer uma boa base:

  • Defina seu público. Em primeiro lugar, conheça quem é o público que você deseja atrair com as ações dos influenciadores digitais. Somente dessa forma será possível encontrar os parceiros certos.

  • Determine seu objetivo. O que você deseja alcançar com a sua campanha? Você está procurando melhorar seu alcance, reforçar a reputação da marca ou tem algumas metas de vendas em mente? Com base nesses objetivos, você também terá maior capacidade de encontrar bons parceiros.

  • Considere a plataforma social que você usará. Diferentes plataformas ajudam a atingir objetivos distintos – e reúnem um grupo de seguidores diverso. Se você deseja explorar vídeos, é possível buscar por um Youtuber famoso no seu nicho de mercado. Por outro lado, também existem influenciadores ativos no Facebook, Twitter, Instagram e outras mídias sociais.

2. Procure um influenciador adequado

Encontrar um influenciador perfeito para a sua marca não é uma tarefa fácil. Comece definindo a identidade e os valores da empresa. Este exercício simples ajudará seu influenciador a apresentar sua marca pelo que ela representa, refletindo consistência na voz e no conteúdo gerado.

Veja algumas dicas para encontrar um bom influenciador digital:

  • Reveja sua lista de seguidores atual. Há uma grande chance de que sua lista de seguidores tenha um grupo entusiasmado de consumidores leais à marca que já estão marcando você, participando de seus concursos sociais, dando likes, compartilhando ou comentando suas postagens. Essa lealdade pode ser nutrida para criar um relacionamento duradouro com eles.

  • Pesquisa no Google. Você pode fazer buscas no Google para encontrar os principais influenciadores em um nicho específico. A partir dessa pesquisa inicial, você pode navegar pelas páginas dos influenciadores para encontrar aqueles que mais se encaixam no perfil da sua empresa.

  • Plataformas de influenciadores digitais. Outra boa opção para explorar são as plataformas especializadas em facilitar o “match” entre empresas e influenciadores. Nestes ambientes, estão reunidos os mais diversos influencers – das mais diversas áreas e perfis.

3. Não se esqueça dos influenciadores de nicho

Os influenciadores de nicho – também chamados de microinfluenciadores –, são cada vez mais relevantes em um mundo conectado. Não são somente os mega influencers que causam impacto. Especialmente para empresas que possuem um público-alvo local, os influenciadores de nicho podem gerar ainda mais resultados.

Imagine um supermercado que atende as pessoas da cidade e região. Não valeria a pena contratar um influencer com milhões de seguidores espalhados por todo o Brasil, não é? Um microinfluenciador local, com 5 mil seguidores, pode trazer resultados muito superiores – afinal, ele já tem um bom relacionamento com as pessoas da sua cidade.

Os profissionais de nicho são mais confiáveis, acessíveis e capazes de criar uma campanha exclusiva direcionada ao seu público. Se você é uma marca de comércio eletrônico que tenta aumentar o reconhecimento nas mídias sociais, com certeza se beneficiará com a colaboração de um microinfluenciador.

Veja os benefícios dos influenciadores de nicho:

  • Nicho específico. Os influenciadores de nicho permitem que você alcance nichos muito específicos do mercado. Se você quer promover um novo produto fit, é possível encontrar um microinfluenciador local que dá dicas de saúde, por exemplo.

  • Taxa de conversão. Você terá uma taxa de conversão mais alta com a colaboração certa, pois as pessoas têm mais probabilidade de confiar nos influenciadores menores.

  • Acessibilidade. Os influenciadores de nicho são mais acessíveis que grandes celebridades da internet. Alguns podem ajudá-lo em troca de produtos gratuitos, enquanto outros terão suas próprias taxas – que serão significativamente menores do que um grande influenciador, de nível nacional.

  • Confiança. Os seguidores confiam nos influenciadores de nicho. Se você se envolver com seu público por meio desses influenciadores menores, também será visto como confiável.

  • Engajamento. As campanhas de microinfluenciadores gerarão uma taxa de engajamento maior. Embora menos pessoas possam ver a campanha em comparação com um influenciador de grande nome, você terá interações mais genuínas.

Se você ainda não está convencido, pense desta forma: o número de seguidores que alguém tem não é necessariamente uma reflexão precisa sobre se esses vão comprar ou não. Os influenciadores de nicho não devem ser definidos por seu número de seguidores. Eles representam aquela pessoa que seu público vai fazer perguntas sobre o produto antes de tomar certas decisões de compra. Eles são amigos de confiança – e isso não tem preço.

4. Acompanhe a eficácia das campanhas

A eficácia de uma campanha de marketing de influenciador não é apenas aumentar o número de seguidores. É fundamental traçar objetivos concretos que você deseja alcançar com suas campanhas.

Por exemplo, se seu objetivo era gerar leads, você deve rastrear o número de novos visitantes em sua loja virtual. Da mesma forma, se você simplesmente deseja aumentar o conhecimento da marca, rastreie as reações sociais e as impressões para ver os tipos de conteúdo que recebem mais atenção do seu público-alvo.

Finalmente, saiba quais métricas definem o sucesso de sua campanha.

  • Retorno do investimento. Trata-se da comparação entre a receita que você obteve com a campanha com os custos de execução.

  • Taxa de cliques. O número de pessoas que clicaram no anúncio do influenciador para acessar as páginas da sua empresa.

  • Custo por clique. O valor que você paga por um clique em seu anúncio.

  • Conversões. Quantos clientes em potencial concluíram uma ação desejada – como fazer um pedido, fazer o download de um aplicativo ou se inscrever para receber um boletim informativo.

  • Tráfego de referência. Preste atenção nos novos visitantes que chegam ao seu site. De onde eles estão vindo? Quanto tempo eles passam navegando? Quais páginas eles acessam? Isso permite ter uma noção mais precisa sobre a qualidade dos visitantes que o influenciador está trazendo.

  • Engajamento. Observe os cliques, curtidas, compartilhamentos, reações, comentários e menções à marca.

Você já conhecia todo o poder dos influenciadores digitais para levar seu e-commerce ao sucesso? Como você enxerga essa estratégia? Deixe o seu comentário.