As compras online se transformaram em um dos canais mais populares, tanto para consumidores quanto para fornecedores. Trata-se de um canal de vendas que oferece uma ampla gama de benefícios – como a oportunidade de compra 24 horas por dia, catálogos online, comparação de preços, menos tempo para a realização de uma compra e muito mais.

Mas quais são os fatores que motivam o consumidor a fazer compras online? Uma vez identificados esses fatores, os e-commerces podem aumentar os resultados conquistados com as vendas pela internet.
 

Neste artigo, vamos destacar os principais aspectos que influenciam na motivação do brasileiro para fazer compras online. Confira.
 

13 fatores que motivam o brasileiro a fazer compras online

Engana-se quem pensa que basta ter um bom produto com preços atrativos para fazer sucesso no mundo dos e-commerces. Apesar de esses serem dois fatores muito importantes para o sucesso de uma loja online, existem outros aspectos que influenciam nos resultados de vendas.
 

As compras online são motivadas por uma infinidade de aspectos – mesmo que nem todos eles sejam percebidos de forma consciente pelo consumidor. Para ajudá-lo a otimizar os resultados do seu negócio, vamos entender melhores quais são esses aspectos:

1. Conveniência

A conveniência da internet é um dos impactos mais importantes para motivar os consumidores a fazerem compras online. Para isso, precisamos destacar que as compras pela internet estão disponíveis para clientes 24 horas por dia – o que é um ótimo benefício em comparação com a loja tradicional, que fica aberta somente durante o horário comercial.
 

Muitos consumidores podem ser levados às compras online porque desejam comprar fora do horário comercial ou querem evitar multidões e filas – e um e-commerce oferece essa conveniência de um atendimento de qualidade em qualquer momento do dia.
 

Além disso, alguns clientes buscam as compras online apenas para escapar da interação cara a cara com o vendedor, porque se sentem desconfortáveis ao lidar com a invasão no atendimento, e não querem ser manipulados no processo de compra.
 

2. Acesso à informação

A internet facilitou o acesso às informações. Considerando que os clientes raramente têm a chance de tocar e sentir o produto antes de tomar uma decisão, os vendedores online, normalmente, fornecem mais informações sobre o produto, que podem fazer a diferença na hora da compra.
 

Além de obter informações de seu site, os consumidores também podem se beneficiar das avaliações de produtos de outros clientes. As revisões costumam ser bastante consultadas antes da tomada de decisão, para ter mais segurança no processo.
 

3. Produtos e serviços disponíveis

O comércio eletrônico tornou a transação mais fácil do que era e as lojas online oferecem benefícios aos consumidores, fornecendo mais variedade de produtos e serviços. 
 

Muitos varejistas tradicionais vendem determinados produtos disponíveis apenas online para reduzir seus custos de varejo ou oferecer aos clientes mais opções de tamanhos, cores ou recursos. Trata-se de uma tendência cada vez mais comum no mercado do e-commerce.

 

Considerando todo esse contexto, o consumidor brasileiro pode ser influenciado pela variedade de produtos oferecidos pela loja online. Com tantas ofertas de espalhadas pela internet, é comum que sejam buscadas as alternativas que oferecem opções mais variadas.
 

 

Imagine que você esteja comprando artigos para organizar uma festa. Se possível, seria preferível comprar todos os produtos em uma única loja, não é? Portanto, a variedade do mix de produtos oferecidos pode ser um fator diferencial na sua decisão.
 

4. Eficiência de custo e tempo

As lojas online ampliaram as possibilidades de compra para o consumidor. Ele pode encontrar os mesmos produtos que estão disponíveis nas lojas físicas por um preço mais baixo.
 

Como as lojas online oferecem aos clientes uma variedade de produtos e serviços, isso possibilita aos clientes mais chances de comparar sites diferentes e encontrar produtos com preços mais baixos do que se fossem comprar em lojas de varejo locais.
 

Novamente, as compras online podem ser feitas em qualquer lugar e a qualquer momento, facilitando a vida dos consumidores e, também, reduzindo os custos envolvidos na operação – como transporte e estacionamento para ir até à loja física.
 

5. Facilidade de uso – Velocidade e usabilidade do site

Um e-commerce que carrega com agilidade oferece diversos benefícios – incluindo uma boa experiência ao usuário e influência positiva no SEO. Na verdade, a velocidade do site é um dos fatores mais importantes para seus clientes, e o primeiro com o qual eles vão se deparar.
 

A primeira impressão que um cliente tira do seu site é a velocidade com que ele é carregado. Se sua página demorar muito para carregar, é provável que o cliente procure em outro lugar o produto que deseja comprar. Estudos realizados pela Forrester Consulting mostram que os visitantes raramente esperam mais de 3 segundos para carregar uma página, tornando a velocidade um dos fatores mais influentes na conversão de compradores online.
 

Se o tempo de carregamento da página for rápido e os consumidores optarem por permanecer no seu e-commerce, a próxima influência imediata será a usabilidade do site. Se seus clientes acharem difícil usar seu site (por exemplo, se for difícil navegar, a função de pesquisa não mostrar os produtos que eles estão procurando ou a experiência móvel não for boa), você pode perdê-los no meio do processo.
 

6. Segurança

As transações seguras são necessárias para qualquer site que transmita dados de pagamento e outros dados sensíveis. Com uma quantidade crescente de escândalos de hackers, os clientes estão se tornando cada vez mais conscientes da segurança online ao inserir suas informações de pagamento.
 

A utilização de certificados SSL para fornecer uma experiência de compra segura e criptografada não é apenas um fator extremamente influente na conversão do cliente, mas, agora, um requisito para todas as lojas de comércio eletrônico.
 

7. Apresentação do produto – fotos, descrições e revisões

Ter uma loja rápida e fácil de usar é apenas uma parte da equação, você também precisa apresentar seus produtos de uma maneira sedutora e tentadora, conseguindo influenciar seus clientes a fecharem uma compra.
 

É importante ter um forte impacto visual que chame a atenção. Você deseja atrair a atenção de seus clientes a partir do momento em que eles acessam seu site. As páginas dos produtos devem ser atrativas – assim como as vitrines das lojas tradicionais.
 

Uma série clara de fotos que mostra os ângulos e aspectos importantes de cada produto, bem como uma descrição clara de quaisquer recursos importantes, pode influenciar bastante a decisão de compra de um cliente.
 

8. Tempo e custos de envio

Os clientes sempre procuraram os preços mais baixos nas compras online, mas, agora, o envio mais rápido é quase uma prioridade. Com as opções de entregas rápidas e acessíveis fornecidas por grandes comerciantes, a maioria dos clientes optará por procurar seus produtos na loja com o menor tempo de entrega e custos mais baratos.
 

Portanto, oferecer custos de frete e um tempo de entrega razoável é uma enorme influência sobre a decisão de compra dos seus clientes. Se seus clientes colocarem os itens no carrinho apenas para descobrir que eles levarão 15 dias para chegar, enquanto seus concorrentes enviam em 5 dias, é provável que eles abandonem a compra e escolham outra loja.
 

9. Sinais de confiança e transparência

As lojas de comércio eletrônico menos conhecidas precisam se esforçar um pouco mais para motivar um consumidor a fazer suas compras online. Isso acontece porque é preciso levar os visitantes a confiarem na sua oferta.
 

Seus clientes precisam confiar no seu site para poder comprar dele. Para isso, você pode explorar alguns fatores que mostram ao público que a sua loja é respeitável e confiável para comprar.
 

Os sinais de confiança podem incluir:

  • Várias maneiras pelas quais os clientes podem se comunicar com sua empresa, como números de telefone e e-mail de contato

  • Atendentes no bate-papo ao vivo

  • Contas de mídia social nas quais a sua empresa pode interagir com os clientes

  • Existência de políticas de devolução

  • Página de perguntas frequentes para tirar as dúvidas do cliente

  • Envio de todas as informações de rastreamento da entrega ao cliente assim que os itens forem enviados

10. Alternativa de compra mobile

É necessário oferecer aos compradores online conveniência e facilidade de acesso instantâneo à sua loja online, independentemente do dispositivo que estejam usando. Sua loja online deve ser construída com base em um modelo de design responsivo e seus recursos precisam estar disponíveis para todos os usuários, a qualquer momento e de qualquer lugar.
 

Os modelos de design mais antigos não foram estruturados para ser flexíveis o suficiente para os vários tamanhos de tela disponíveis hoje em dia, de modo que o design responsivo assumiu o controle e está se tornando padrão nos sites móveis.
 

Portanto, seu site e seu conteúdo precisam ser suportados em todos os dispositivos que acessam a internet. Todos os recursos e funções devem funcionar perfeitamente, oferecendo aos navegadores uma experiência móvel fluida.
 

Você, certamente, pode enfrentar problemas para motivar um consumidor a fazer compras online na sua loja quando ele não consegue encontrar os produtos acessando o e-commerce pelo seu smartphone.
 

11. Comentários de clientes

As avaliações online feitas por outros clientes podem ser tão influentes quanto as recomendações pessoais feitas por amigos. Portanto, exibir análises de clientes sobre seus produtos pode ser um fator importante para motivar outros consumidores a realizarem compras online.
 

Seu público-alvo deseja ler sobre as experiências de outras pessoas que usaram o produto. As avaliações de clientes são vitais quando se trata de compras online. Trata-se de uma forma de adicionar um toque pessoal à experiência geral de compras.
 

12. Praticidade e agilidade no check-out

Uma das considerações finais, porém mais importantes, nas compras online, ocorre durante o processo de check-out. Em uma loja física, os compradores normalmente precisam esperar na fila dos caixas. Durante o horário de pico, a fila é longa e eles passam mais tempo lá. Esse é um dos principais motivos pelos quais os compradores online estão evitando lojas tradicionais e indo online para atender às suas necessidades.
 

Porém, eles não desejam acessar o seu site e ter o equivalente a uma longa fila de check-out. A praticidade no momento de adicionar produtos no carrinho e finalizar a compra faz toda a diferença na experiência do cliente. Quanto mais ágil e intuitivo for esse processo, maiores são as chances de levar os clientes até o final da operação.
 

Além disso, também é importante dar uma atenção especial às opções de pagamento que estão disponíveis no check-out. A ausência de opções atrativas para o consumidor pode, facilmente, desmotivá-lo e levá-lo a procurar outras lojas online, que supram suas necessidades.
 

13. Promoções atrativas

Por fim, não podemos deixar de considerar o impacto das promoções para motivar o brasileiro a fazer compras online. Assim como já ocorre nas lojas físicas, condições benéficas na realização de uma compra podem servir de incentivo para que um negócio seja fechado.
 

E são diversas as opções de promoções que podem ser exploradas por um e-commerce: cupons de desconto, frete grátis, desconto na compra de vários produtos, programas de indicação, entre outras. Basta que você consiga descobrir o que realmente chama a atenção do seu consumidor.
 

Você já conhecia esses fatores que motivam o brasileiro a fazer compras online? Quais deles você já explora na sua empresa? Deixe o seu comentário.