Estratégias de vendas: o guia que toda empresa deve seguir
1- Alavancando as vendas
Como alavancar as vendas? Essa é uma dúvida que acompanha os profissionais de marketing, vendas e gestores de qualquer empresa. Mesmo com todas as ferramentas disponíveis na internet, nem sempre atrair a atenção do consumidor é uma tarefa simples, não é?

Considerando a construção de vendas, existem dois caminhos diferentes que podem ser seguidos: 

  • A venda forçada com imposições de anúncios, promoções agressivas, descontos impactantes.
  • A construção de relacionamento para convencer o cliente a comprar.

São duas estratégias viáveis: comprar tráfego e focar na conversão imediata da venda em seu e-commerce, ou comprar permissão e construir um relacionamento até a venda. Mas qual delas é a mais recomendada? Qual leva à maior retenção e fidelização dos clientes? Essa definição inicial da estratégia faz toda a diferença para a alocação correta dos recursos disponíveis.

Como alavancar as vendas: conheça duas abordagens certeiras
2 – Marketing Digital na sua empresa

O marketing é fundamental para aumentar sua base de clientes, criar oportunidades de vendas e alavancar a receita. As estratégias corretas de marketing podem ajudá-lo a expandir seus negócios exponencialmente e a se transformar em uma empresa de sucesso.

 Mesmo considerando todo o potencial do comércio eletrônico no Brasil, é preciso reconhecer que existe um grande número de concorrentes brigando por um lugar no mercado – e o marketing digital é seu grande aliado para chamar a atenção do público e se diferenciar.

Mas, então, o que é marketing digital?

 O marketing digital é uma estratégia usada para promover uma marca ou produto usando tecnologias. Ou seja, são exploradas as ferramentas que estão à disposição na internet para divulgar a sua marca ou os produtos do seu e-commerce.

Se você vende produtos,  hoje praticamente todos os seus clientes estão conectados à internet, certo? Portanto, são as ações no mundo digital que realmente surtem efeito. Você pode alcançar potenciais clientes por meio do Google, redes sociais, e-mail, anúncios em banners, e-commerce entre muitas outras opções.

Podcast: marketing para e-commerce

3 – E-commerce, é pra mim?

Os hábitos dos consumidores mudaram drasticamente nos últimos anos. A tecnologia permite um fácil acesso às informações em tempo real e também cria formas eficientes de realizar compras sem sair de casa. Após a consolidação do e-commerce, a migração para os dispositivos móveis é apenas uma consequência da evolução tecnológica.

Para se ter uma ideia, em 2018, segundo levantamento feito pelo Ebit/Nielsen, o e-commerce brasileiro cresceu 12% e faturou R$ 53,2 bilhões, mesmo considerando o efeito da greve de caminhoneiros ocorrido em maio, fazendo o comércio eletrônico deixar de faturar cerca de R$ 400 milhões. 

Ainda de acordo com a pesquisa, ao todo, foram 123 milhões de pedidos realizados pelo e-commerce, um resultado 10% maior do que no ano anterior.

Por essa razão, os aplicativos para smartphone têm se mostrado uma ótima oportunidade de mercado. Isso significa que as empresas devem investir em uma loja online e preparar o seu site para vendas em smartphone e demais dispositivos móveis. Esse pode se tornar uma boa vantagem competitiva e fazer toda a diferença para otimizar os resultados conquistados.

Podcast: e-commerce: novo canal de vendas

4 – E-commerce na prática dá resultado?

Se você ainda está em dúvida sobre como ou se deve fazer a transição online, vamos discutir por que essa é a atitude certa a fazer para o seu negócio. 

Embora seja ótimo ter um negócio físico em que os clientes possam interagir com os funcionários e os produtos ou serviços, ele tem suas limitações. 

 Primeiro, você se limita a um conjunto menor de clientes quando tem apenas um negócio físico. Já as empresas online estão abertas para um alcance maior em escala local, nacional ou mesmo mundial, dependendo do seu negócio específico.

Checklist definitivo sobre margem de lucro e retorno de investimento em uma loja online.
5 – Escolha bem a sua plataforma de E-commerce

As plataformas de e-commerce tornaram as vendas online mais fáceis do que nunca. Elas oferecem estrutura incríveis, juntamente com as ferramentas essenciais para construir, gerenciar e comercializar uma loja online. 

Mais importante ainda, a plataforma de e-commerce desempenha um papel decisivo no sucesso ou fracasso de uma loja online – quando totalmente funcional e integrada, garante o pleno funcionamento das lojas online. 

Por isso, basta uma decisão errada na escolha da plataforma de e-commerce para causar danos irreparáveis ​​ao desempenho da loja virtual e à reputação junto ao mercado e clientes.

Em sua forma mais simples, uma plataforma de e-commerce permite que sua empresa venda produtos e serviços on-line. 

 Porém, com a evolução que estamos acompanhando nos últimos anos, uma nova geração de software empresarial integrada ao e-commerce tem apresentado todas as funcionalidades necessárias em uma única solução.

A prova fundamental de que plataforma de e-commerce funciona
6 – Diferenças entre plataformas SaaS x Open Source

Escolher uma plataforma de comércio eletrônico para o seu negócio online não é fácil. Com um número impressionante de plataformas para escolher, as empresas devem comparar arquitetura, funcionalidade, preço, flexibilidade e muito mais. 

A forma como o seu software de comércio eletrônico é criado também determina a funcionalidade e as condições de pagamento.

Podemos nos aprofundar nos principais pontos que devem pesar na sua comparação.

A prova fundamental de que plataforma de e-commerce funciona
7 – Estratégias do mercado e histórias de sucesso
69,8% das pessoas que compram em e-commerce consideram a facilidade na comparação de preços e produtos um diferencial?

E mais, 69,6% consideram a comodidade um fator determinante para realizar compras online.

A média mensal do número de visitantes recebidos pelos e-commerces em 2018 foram de 69.022 pessoas

  1. Aceleração do ciclo de venda, as empresas começaram a vender quase que instantâneamente
  2. Redução do custo de venda, com economia de tempo e esforço
  3. Aumento do ticket médio por compra e consequentemente incremento no faturamento.

Como encontrar um sistema de qualidade com um suporte qualificado?

Existem empresas que ouvem as melhorias sugeridas e existem aquelas que atendem essas sugestões de maneira personalizada. Porém, esse formato de atendimento próximo ao cliente não faz parte da cultura de todas as desenvolvedoras de software, principalmente na área de e-commerce.

Por essa razão, o segredo para encontrar um sistema capaz de solucionar os seus problemas não está apenas nos recursos oferecidos. É preciso buscar por parceiros que tenham o compromisso de proporcionar as condições ideais para um bom trabalho. E isso inclui um suporte qualificado para tirar suas dúvidas e fazer os ajustes necessários na solução contratada.

Essas são características que fazem parte da plataforma LifeApps E-commerce e da cultura da empresa. Entendemos como um sistema estável é imperativo para que uma empresa consiga gerenciar seus relacionamentos com o cliente, vendas e gestão de pedidos – além de todo seu fluxo de processos internos.

Por que é difícil achar um sistema estável e com suporte qualificado?
Comece a avaliar a ideia de fazer a sua empresa vender online.