Para operar um site de comércio eletrônico totalmente funcional, você precisa facilitar o pagamento de seus clientes. Todo o seu negócio gira em torno de ser pago, e isso passa diretamente pelas formas de pagamento do seu e-commerce.

Porém, precisamos considerar que existem várias opções para aceitar pagamentos online. Se você já possui uma plataforma de comércio eletrônico ou está iniciando um site de comércio eletrônico do zero, seu gateway de pagamento precisa ser uma prioridade.

Você precisa ter opções que sejam atraentes para todos os seus clientes. Isso porque todo mundo tem preferências diferentes. Portanto, é preciso adicionar várias formas de pagamento ao seu site de comércio eletrônico.

Em uma análise inicial, os custos para implementar diversas formas de pagamento podem ser elevados. Porém, em longo prazo, essas despesas não farão muita diferença quando você compará-las com as receitas que pode gerar com mais usuários engajados em finalizar suas compras.

Você está pronto para levar seu e-commerce para o próximo nível? Então, é fundamental encontrar as melhores formas de pagamento para um processo de pagamento rápido e seguro. Confira, neste artigo, as principais opções a serem consideradas.

Por que oferecer várias formas de pagamento?

Se você oferecer apenas um método de pagamento, os seus clientes já podem começar a realizar suas compras, certo? Porém, nem sempre essa única forma de pagamento servirá para todas as pessoas. Afinal, cada consumidor possui suas próprias preferências.

Embora seja possível conviver com um método de pagamento online fácil e seguro, muitos clientes estão começando a ter a expectativa de usar o seu favorito. Se o cliente prefere pagar por boleto e você não oferece essa opção, o mais provável é que ele busque essa alternativa na loja virtual de um concorrente.

Com a crescente popularidade de serviços como PayPal e PagSeguro, os clientes estão cada vez mais capazes de fazer check-out em uma variedade de sites sem ter que gastar tempo adicionando todas as informações de pagamento e endereço para cada compra. Em vez disso, eles só precisam fazer login em uma conta que usam regularmente e, em muitos casos, talvez nem precisem fazer isso se o dispositivo se lembrar.

Isso cria uma experiência mais fácil e conveniente para eles – especialmente no celular, em que um número crescente de compras online está ocorrendo. Quanto mais seus visitantes esperarem esse tipo de conveniência, menor a probabilidade de eles se incomodarem com um site que os faça trabalhar mais.

Portanto, a resposta é bem simples: você deve dispor de várias formas de pagamento para oferecer uma experiência mais satisfatória ao cliente. Afinal, clientes mais felizes estão mais inclinados a realizar uma compra. E, certamente, é isso que você busca com um e-commerce.

Principais formas de pagamento

Com a evolução da tecnologia, existem cada vez mais formas de pagamento que podem ser exploradas por um e-commerce:

Cartões de crédito

Como solução global de pagamento, os cartões de crédito são a forma mais comum de pagamento online dos clientes. Para as lojas virtuais, é possível incorporar o pagamento pelo cartão de crédito em seu gateway de pagamento. Basta que o usuário insira os dados do seu cartão para garantir a compra do produto desejado.

Pagamentos mobile

Para os usuários que não desejam utilizar o cartão de crédito, é possível optar pelos pagamentos mobile – que oferecem uma solução rápida e eficiente. Os pagamentos mobile também são comumente usados em portais de doações, jogos de navegador e redes de mídia social – permitindo que os usuários paguem até mesmo por SMS.

Transferências bancárias

Os clientes inscritos em um serviço de Internet Banking podem fazer uma transferência bancária para pagar suas compras online. O método garante que seus fundos são usados com segurança, pois cada transação precisa ser autenticada e aprovada, primeiro, pelas credenciais de banco, antes que a compra efetivamente ocorra.

Carteiras digitais

Uma carteira digital armazena dados e fundos pessoais de um cliente, que são usados para comprar em lojas online. A inscrição em uma carteira digital é rápida e fácil – exigindo que o cliente insira apenas uma vez os seus dados de pagamento. Além disso, as carteiras digitais também podem funcionar em combinação com o pagamento mobile por meio do uso de tecnologia inteligente, como dispositivos NFC (Near Field Communication). Ao tocar em um terminal NFC, os telefones celulares podem transferir instantaneamente os fundos armazenados no telefone.

Cartões pré-pagos

Os cartões pré-pagos são uma das formas de pagamento alternativas, comumente usados por clientes sem contas bancárias. Eles podem ser carregados com diferentes valores e armazenar um saldo que pode ser usado nas compras online.

As empresas de jogos online costumam usar cartões pré-pagos como método de pagamento preferido, com moeda virtual armazenada em cartões pré-pagos para um jogador usar nas transações dentro do jogo.

Depósito direto

Depósitos diretos ocorrem quando os clientes instruem seu banco a retirar fundos de suas contas para concluir os pagamentos online. Os clientes geralmente informam o banco sobre quando os fundos devem ser retirados de suas contas, definindo uma programação. Um depósito direto é um método de pagamento comum para serviços do tipo assinatura, como aulas online ou compras feitas com preços altos.

Boleto bancário

O boleto bancário é uma das formas de pagamento mais comum no Brasil. Trata-se de um documento que permite que o seu emissor receba do pagador o valor referente àquele pagamento. Na prática, o consumidor pode emitir um boleto bancário ao finalizar a sua compra e realizar o seu pagamento posteriormente – seja indo até uma lotérica, no seu banco ou com um aplicativo móvel.

Criptomoedas

As criptomoedas são moedas digitais que estão rapidamente ganhando interesse como método de pagamento para transações online. Em vez de usar a moeda utilizada no país, trata-se de um sistema diferente de troca, que é aceito por várias lojas virtuais.

O que são gateways de pagamento online?

Os gateways de pagamento online são os serviços de comércio eletrônico que processam as informações de pagamento dos sites. Eles servem para a transmissão de dados entre clientes, lojistas e seus bancos e redes adquirentes.

Ao utilizar um gateway de pagamento, você garante dois benefícios principais para seu e-commerce:

1. Processo de checkout rápido e fácil

Você já começou a fazer uma compra e percebeu que o processo de compra do item levou muito tempo e exigiu mais trabalho do que você estava disposto a fazer?

A taxa média de abandono de carrinho de compras – pessoas que expressaram uma clara intenção de comprar e depois não o fizeram – é muito alta. Se o seu processo de checkout coloca barreiras no processo de compra, a probabilidade de você perder vendas é alta.

Um bom gateway de pagamento online torna o processo simples e intuitivo, para você garantir a maioria dessas vendas em vez de perdê-las.

2. Criptografia para manter as informações do seu cliente seguras

A ameaça de roubo de identidade significa que toda transação online que um cliente faz requer confiança. Você deve garantir que as informações confidenciais fornecidas por eles estejam protegidas contra hackers que buscam roubar informações de cartão de crédito de sites vulneráveis.

Como os gateways de pagamento online são especializados no processamento de informações financeiras, eles possuem os recursos de criptografia e segurança adequados para manter as informações de seus clientes em segurança.

Principais intermediários de pagamentos

Para facilitar a vida do consumidor, é possível usar os serviços dos intermediários de pagamento. Esses sistemas permitem que você não precise contratar operadoras de cartão de crédito e bancos. Quando um e-commerce utiliza este tipo de serviço, quem recebe o pagamento é o intermediário, que é responsável pela aprovação da venda e pelo repasse do valor à loja virtual.

Ou seja, são formas de pagamentos que facilitam os processos, pois os intermediários de pagamentos oferecem um pacote completo de serviços: diversos meios de pagamento, garantia contra fraudes, capital de giro e conciliação financeira simplificada.

Veja quais são os principais intermediários de pagamentos que você pode usar:

PagSeguro

É a solução de pagamentos online da UOL. Suas tarifas são de 3,99% mais o valor fixo de $0,20 por transação. Além disso, você pode oferecer parcelamentos sem acréscimo por uma taxa de 2,99% por parcela.

PayPal

O PayPal é um sistema de pagamento online muito popular no mundo todo. Para vendas à vista, sua taxa é de 4,99% + R$0,60. Já para vendas parceladas em até 12x sem juros é preciso adicionar 2,39% para cada parcela.

Mercado Pago

O Mercado Pago é a solução do Mercado Livre para enviar e receber pagamentos online. A sua taxa é de 4,99% para cada pagamento aprovado.

PayU

O PayU é uma plataforma de pagamento online para recebimento de pagamento de cartão de crédito. A sua taxa é de 3,49% por transação com uma tarifa adicional de R$0,39. Já a sua taxa de antecipação é de 1,99%.

PagHiper

Trata-se de uma empresa que realiza a emissão de boletos para o lojista. A taxa é de R$2,49 por boleto pago.

Pagar.me

O Pagar.me é uma solução de pagamento online que possui uma estrutura para fazer a intermediação de informações entre o comprador, o lojista e os bancos. A sua taxa é de 3,5% + R$0,50 por transação aprovada em até 12 vezes.

Pagamento instantâneo: inovação nas formas de pagamento para 2020

Além de todas as formas de pagamento que já vimos ao longo deste artigo, também é preciso acompanhar as novidades que podem surgir no mercado. E um ótimo exemplo disso é o “pagamento instantâneo”.

O “pagamento instantâneo” é um projeto conduzido pelo Banco Central que tem o objetivo de garantir a interoperabilidade dos meios de pagamentos por meio de transferências instantâneas, disponíveis 24h por dia, sete dias por semana. Esse projeto deve entrar em operação em 2020.

Com a implementação desse projeto, a expectativa é que o dinheiro flua mais rapidamente para o lojista, com custo de transferência baixo. Será possível realizar pagamentos de baixo valor sem o custo associado às taxas de adquirência ou às de uma TED, por exemplo.

A ideia do Banco Central com o projeto “pagamento instantâneo” é criar uma nova infraestrutura, similar a existente para as TEDs, mas que funcione 24h e não fique restrita apenas a bancos. Assim, fintechs, varejistas e iniciadores de pagamento (e-wallets) poderão ter acesso a esta rede – democratizando seu acesso por parte da população.

As possibilidades e potenciais benefícios para a sociedade são muito grandes. Veja quais são eles:

  • Redução dos custos das transações financeiras

  • Construção de uma realidade que permite estabelecer uma infraestrutura capaz de atingir um nível de interoperabilidade e de abrangência tão grande que viabilize uma economia sem dinheiro em espécie

  • Mais segurança nas transações financeiras

  • Maior acesso aos serviços financeiros

  • Novos modelos de negócio

  • Maior transparência

  • Redução de crimes relacionados às finanças – como corrupção e lavagem de dinheiro

LifeApps: uma plataforma com integração com diversos gateways de pagamento

O sucesso de um e-commerce passa por diversos fatores, certo? Desde o planejamento das atividades até a definição das estratégias de vendas, são muitos os aspectos que merecem atenção constante do empresário.

Isso também inclui a escolha de uma plataforma de e-commerce capaz de suprir todas as suas necessidades. Com tantas formas de pagamento existentes, é importante buscar uma alternativa que facilite a integração com as principais plataformas de pagamento para oferecer mais alternativas ao consumidor.

A LifeApps é uma plataforma de e-commerce fácil de integrar e flexível para qualquer negócio. Isso inclui integração com diversos gateways de pagamento para tornar o momento do checkout mais simples e prático para o consumidor – garantindo uma variedade de formas de pagamento.

Você já conhecia todas essas formas de pagamento para e-commerce? Quer conhecer melhor as funcionalidades do LifeApps? Então visite a nossa página.