Você deseja aumentar a visibilidade da marca, impulsionar as vendas e aprender informações valiosas sobre seu público-alvo? Então o Google Search Console é a ferramenta ideal para o seu e-commerce.

Não há dúvida de que o Google é o site mais popular e mais visitado do mundo. Pense dessa maneira: o gigante dos mecanismos de pesquisa lida com mais de 70 mil pesquisas por segundo. É claro que se você deseja expandir seus negócios, deve encontrar maneiras de trabalhar com o Google para melhorar a otimização do mecanismo de busca (SEO), compreender as fontes de links e criar conteúdo que atraia seus clientes.
 

Essencialmente, o Google Search Console permite que você analise com rapidez e precisão as informações vitais sobre o seu site e o comportamento dos visitantes. A capacidade de ver e usar essas informações pode ser responsável por otimizar os resultados do seu e-commerce.
 

Quer entender como usar o Google Search Console para análise e otimização do e-commerce? Então confira ao longo deste artigo.
 

A importância da análise de dados para o e-commerce

Atualmente, as empresas que possuem informações de qualidade em mãos são aquelas que conseguem se destacar. E, no mundo do comércio eletrônico, isso é ainda mais evidente. Afinal, trata-se de um negócio que opera 100% de forma digital – e obter dados sobre os consumidores contribui para o fechamento de mais vendas.
 

Entretanto, mais do que armazenar dados, é preciso analisá-los para transformá-los em informações úteis. Com base nisso você consegue descobrir quais produtos chamam mais atenção do seu cliente, quais formatos de anúncio geram mais resultados de vendas, por quais canais os clientes estão chegando, analisar a fundo suas ações de marketing e muito mais.
 

Naturalmente, as ferramentas mais acessíveis e qualificadas do mercado pertencem a grande potências da internet como o Google. É justamente por isso que o Google Search Console possui um valor tão grande para um e-commerce.
 

O que é o Google Search Console?

Google Search Console é um conjunto de ferramentas e relatórios de SEO do Google. Ele oferece dados e controle de configuração para seu site, bem como uma variedade de métricas de visitantes. Em resumo, o Google Search Console oferece uma visão direta do Google sobre como o mecanismo de pesquisa vê seu site.
 

Ao usar o Google Search Console, você consegue facilmente verificar se há erros encontrados no seu site, identificar páginas quebradas, verificar a indexação do site, e muito mais. Além disso, você receberá mensagens diretamente do Google sobre quaisquer problemas ou ações tomadas contra o seu site. Isso pode ser algo como um ataque de hack detectado, um aviso de malware, uma penalidade por práticas de vinculação incorretas ou outros avisos técnicos.
 

Para e-commerces que possuem um aplicativo, é possível usar o Google Search Console para adicionar links diretos para o app (o que permite que as páginas do aplicativo apareçam nos resultados de pesquisa para dispositivos móveis dos usuários), conectar seu aplicativo a um site, lidar com erros de rastreamento e muito mais.
 

Além disso, o Google Search Console é uma ótima ferramenta para ajudar você a descobrir problemas que podem prejudicar suas classificações de resultados de pesquisa ou até mesmo a experiência do usuário em seu site.
 

Principais recursos do Google Search Console

Veja quais são os principais recursos que você encontra no Google Search Console:

  • Monitoramento de backlinks. O Google Search Console permite que você monitore quais sites estão vinculados ao seu. Isso mostrará uma lista de domínios que estão vinculados ao seu site e quando foram indexados.

  • Usabilidade móvel. É vital que seu e-commerce seja responsivo em dispositivos móveis, certo? O recurso de usabilidade móvel do Google Search Console sinaliza quaisquer problemas relacionados à usabilidade móvel do seu site.

  • Status de indexação. Você pode ver quais páginas do seu site já foram indexadas e quais páginas foram enviadas e ainda não indexadas pelo Google. Esta é uma maneira prática de ver se o seu conteúdo mais recente já foi reconhecido pelo Google.

  • Desempenho. Essa funcionalidade permite que você descubra quais termos de pesquisa as pessoas estão usando para encontrar seu site. Isso oferece uma visão inestimável sobre quais palavras-chave estão funcionando para atrair visitantes para seu site. Além disso, você também pode consultar quantas impressões que seu site está recebendo para determinados termos de pesquisa e também as taxas de cliques do seu site nessas pesquisas específicas.

  • Erros de rastreamento. Usando este recurso, você pode encontrar URLs relacionadas ao seu domínio que o levam a uma página com erros. Isso geralmente é o resultado de links antigos ou quebrados que foram indexados anteriormente pelo Google.

  • Envio e teste do Sitemap. Para que o Google rastreie e indexe seu site o mais rápido possível, é altamente recomendável que você envie o sitemap de seu site ao Google Search Console. Isso permite que o Google rastreie e analise seu site de forma mais rápida e fácil e permitirá que seu site seja indexado de forma mais eficiente.
     

Como usar o Google Search Console para otimizar seu e-commerce?

O Google pode facilmente se transformar no maior aliado de um e-commerce. Levando isso em conta, existem três perguntas principais que você deve fazer:

  • As otimizações básicas de SEO foram implementadas?

  • O Google pode encontrar e mostrar o site entre os resultados da pesquisa?

  • Como está o conteúdo do site em termos de desempenho no Google?
     

E para respondê-las, você precisará das informações coletadas no Google Search Console. Ao usar corretamente as ferramentas que você tem à disposição, será mais fácil que seus consumidores encontrem sua empresa e seus produtos.
 

Veja algumas dicas para otimização do e-commerce usando as ferramentas do Google Search Console:
 

Escreva boas páginas de produto – e monitore seus resultados

O primeiro passo para ajudar as pessoas a encontrar e navegar em um site de comércio eletrônico é publicar claramente todos os produtos à venda. Afinal, isso ajuda o Google a indexar informações e mostrá-las para usuários que procuram produtos para comprar.
 

Em geral, isso significa criar páginas no site que explicam o produto a ser vendido – que podem incluir descrições em texto e imagens.
 

Para escrever boas páginas de produtos, você pode seguir essas dicas:

  1. Primeiro, você precisa adicionar imagens que permitem visualizar claramente o produto, com fundos desbotados ou transparentes e com fotos de diferentes ângulos. Isso ajuda os visitantes do site a decidir o que comprar, mas ao mesmo tempo pode atrair usuários que usam a Pesquisa de imagens do Google para encontrar produtos.

  2. Acrescente uma descrição detalhada dos produtos e destaque todas as características e especificações. Isso permite que os usuários encontrem tais produtos procurando detalhes – tanto na busca interna quanto no Google.

  3. Inclua informações sobre as condições de compra – como disponibilidade, preço, política de envio e eventuais taxas – para permitir ao cliente saber os sistemas de pagamento aceitos e os tempos previstos para entrega.

  4. Adicione avaliações e comentários de clientes para ajudar os compradores a encontrar os produtos e no processo de tomada de decisão de compra.
     

Depois disso, você pode ficar de olho no Google Search Console para descobrir se suas páginas de produtos estão indexadas e como está sua performance – fazendo ajustes pontuais para que elas sejam bem ranqueadas e não apresentem problemas.
 

Verifique se todas as páginas estão indexadas

Além de dar atenção às páginas de produtos, você também pode usar o Google Search Console para garantir que todas as páginas do seu site estejam indexadas no Google. Isso garante que os usuários consigam encontrá-las em buscas orgânicas com facilidade.
 

Analise o desempenho do site

Depois de verificar se as páginas do seu e-commerce estão indexadas, o próximo passo é monitorar seu desempenho. Para isso, você pode usar o “Relatório de Desempenho” – que mostra a taxa de cliques, total de impressões, CTR média e posição média das páginas do seu site.
 

Identifique as consultas que trazem mais tráfego para o site

As pessoas estão procurando o nome da empresa, produtos específicos ou o tipo genérico de produto oferecido pelo site? Ter essas informações permite melhorar o conteúdo em determinadas áreas do site e otimizar o desempenho na pesquisa para as consultas que queremos nos concentrar.
 

A partir dessas informações, você pode explorar melhor as palavras-chave no seu site – tanto em páginas de produtos quanto no blog. Se os clientes de uma loja de roupas procuram bastante pelas marcas das roupas, é importante explorar palavras-chave relacionadas. Afinal, isso pode aumentar consideravelmente o tráfego qualificado gerado.
 

Analise o CTR das páginas de produtos mais importantes

O CTR (taxa de cliques) é uma das principais métricas que você precisa acompanhar. É importante ficar de olho na taxa de cliques das páginas principais dos produtos: se for baixa, significa que os usuários não estão clicando nos seus resultados de pesquisa e, portanto, pode ser o caso de escrever descrições ou títulos melhores.
 

Por outro lado, as páginas que apresentam um CTR acima da média podem servir de inspiração para criar novas páginas ou realizar ajustes nas páginas de baixa performance. Trata-se de um processo que requer atenção constante para que você ganhe visibilidade no Google.
 

Encontre falhas para corrigi-las

Um consumidor que tenta acessar a página de um produto e se depara frequentemente com uma página inválida pode ficar frustrado e procurar por um concorrente, não é? Você pode evitar isso usando o Google Search Console para identificar as páginas com erros – trabalhando para corrigi-las rapidamente.
 

Lifeapps: integração com o Google Search Console para gerar resultados consistentes

Você ficou interessado em explorar todos os recursos do Google Search Console? Suas funcionalidades podem se tornar ainda mais benéficas para um e-commerce quando integradas com uma plataforma de e-commerce de qualidade – como a LifeApps.
 

A LifeApps plataforma de e-commerce é fácil de integrar e flexível para qualquer negócio. Trata-se de uma solução totalmente integrada ao Google Search Console e que dispõe de todas as condições para a realização da otimização da gestão de dados do atacado distribuidor.

  • Para você. Expanda a área de atuação do seu varejo através de uma experiência digital nas mãos do seu cliente.

  • Vender. Um sistema de gerenciamento para o atacado/distribuidor, inteligente e integrado, que conecta clientes por vários canais.

  • Online. Alcance rapidamente compradores para aumentar a distribuição da sua indústria no mercado.
     

Você já conhecia todos os recursos do Google Search Console? Quer descobrir como a LifeApps pode contribuir com o sucesso do seu e-commerce? Então visite nosso site!