A organização da logística Black Friday 2021 já teve início em milhares de e-commerce em todo o país. Se você ainda não deu encaminhamento aos primeiros preparativos, saiba que é hora de começar.

Já há alguns anos, essa é uma das datas mais aguardadas pelo varejo em função das expectativas criadas em torno do evento e do bom faturamento observado em edições passadas. Somente no ano passado, segundo informa a consultoria Ebit | Nielsen, o comércio online movimentou cerca de R$ 4 bilhões durante a semana do dia 27 de novembro – faturamento que representa um crescimento de 25% em relação às vendas de 2019.

Para você que também já está se preparando para vender mais este ano, organizamos este conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre a logística Black Friday 2021. Falaremos sobre como planejar suas vendas, de dicas para estruturar o processo de entregas e sobre como otimizar seu e-commerce. Continue a leitura e saiba mais.

Entenda a importância da Black Friday para o e-commerce

Surgida nos Estados Unidos no século passado, a Black Friday chegou ao Brasil por intermédio do publicitário Pedro Eugênio, proprietário do site Busca Descontos. No entanto, ao contrário das últimas edições, os primeiros anos desse grande evento do varejo estiveram longe de ser um sucesso.

Isso porque muitas empresas somente ofertavam descontos depois de realizar aumentos sucessivos nos preços de seus produtos semanas antes da Black Friday – movimento prontamente percebido pelos consumidores e que trouxe descredito para o evento. Além disso, eram muito comuns problemas em sites e em fluxo de pagamentos e entregas dos produtos.

Passados alguns anos, muita coisa mudou. Grandes marcas perceberam o potencial da data e começaram a formatar suas ofertas com o intuito de atender às expectativas dos consumidores. Desde então, um número cada vez maior de pessoas aguarda ansiosamente a semana da Black Friday para aproveitar os melhores descontos do comércio online.

Segundo levantamento realizado pela consultoria Ebit|Nielsen, na Black Friday 2020 foram mais de seis milhões de pedidos gerados, marca 15,5% superior à de 2019. O ticket médio, por sua vez, foi de R$ 652, 8,3% maior do que o período anterior.

Somente na sexta-feira – dia oficial da Black Friday – o faturamento do comércio foi de R$ 3,1 bilhões (+24,8%), o que corresponde a 4,6 milhões de pedidos (+15,7%) e um ticket médio de R$ 679 (+7,8%).

Logística Black Friday 2021: entenda como organizar

Vejamos, então, como organizar a logística Black Friday 2021.

Planeje suas vendas

Em se tratando de uma das principais datas do comércio, como a Black Friday 2021, é muito importante começar a planejar suas vendas antecipadamente. Nesse sentido, a principal preocupação deve ser em relação ao formato das ofertas.

Como se sabe, o grande apelo da Black Friday é a oferta de descontos considerados imperdíveis. Logo, é preciso atender a esse requisito para se destacar em relação a seus concorrentes.

Obviamente, o desconto não deve ser sinônimo de prejuízo para o seu negócio. Por isso, escolha produtos que possam ser vendidos por preços competitivos, mas sem onerar seu caixa.

Uma dica interessante é incluir nas ofertas da Black Friday uma seleção de produtos há muito tempo em estoque. Dessa forma, você dará vazão a mercadorias que estavam “paradas”.

Outra estratégia interessante é fechar parcerias com fornecedores. Mediante a aquisição de um volume significativo de produtos, você pode pleitear descontos ou prazos estendidos para pagamento.

Mantenha um controle de estoque assertivo

Com base em edições passadas da Black Friday ou em outras datas de comércio aquecido, você pode estimar o quantitativo de produtos a serem adquiridos para revenda no final do ano.

Esse cálculo é muito importante, pois ter um estoque abaixo da demanda significa perder vendas. Ao mesmo tempo, o excesso de mercadorias representa uma alocação de recursos inadequada.

Tenha em mente quais serão os principais produtos da campanha Black Friday 2021 em sua loja para manter seus estoques em níveis adequados.

Atenção ao esquenta Black Friday 2021

Para muitas empresas, os dias e semanas que antecedem a Black Friday são bastante promissores para vendas. Nesse período, os consumidores já começam a monitorar ofertas na tentativa de identificar o custo-benefício dos produtos que desejam adquirir e, quem sabe, começar a comprar antecipadamente.

Tendo isso em vista, é muito importante pensar em uma estratégia de divulgação de ofertas semanalmente, na tentativa de engajar o seu público para o “grande dia”. Nesse “esquenta” para Black Friday, você pode ter um volume significativo de vendas em seu e-commerce.

Ofereça um atendimento assertivo

Todos os anos, as semanas que sucedem a Black Friday são de recordes de reclamações nos Prcons estaduais e nos fóruns próprios para acolher manifestações de consumidores, como o site Reclame Aqui. Nesses espaços, além dos conhecidos casos de fraudes envolvendo vítimas de golpes organizados por criminosos, temos reclamações recorrentes em função de atrasos nas entregas, cobranças indevidas, produtos entregues com defeito, entre outras situações de distrato comercial.

Quem se enquadra no segundo tipo de evento, em geral, são pequenos e médios empreendedores que não organizaram devidamente a logística de vendas para a Black Friday, deixando de prestar um serviço assertivo.

Quanto a isso, é preciso ter em mente que em meio a semanas de trabalho intenso para atender a demanda de tantos clientes, pode ser que algumas coisas não saiam como o esperado. No entanto, é preciso se cercar de cuidados na tentativa de oferecer a melhor solução para seus clientes.

Não se esqueça que seu negócio existe para além da Black Friday. Isto é, o relacionamento com seus clientes deve ser mantido para depois dessa data e uma experiência negativa de compra já é o suficiente para colocar fim a essa parceria.

Deixe expressa qual a sua política de entrega e devoluções

Quem atua no varejo online sabe o quão sensível é a questão da política de entregas e devolução no e-commerce. Isso se deve ao comportamento de muitos clientes que desconsideram os termos apresentados nas páginas de venda, para depois apresentar exigências incompatíveis com o acordado no momento da compra.

Para que isso não seja um problema na Black Friday 2021, procure deixar expressa quais são as condições para a aquisição de seus produtos, sobretudo em relação aos prazos de entrega. Procure trabalhar com previsões realistas, de modo a não criar falsas expectativas no consumidor. Quem trabalha com os Correios, por exemplo, deve estar ciente de que o tempo para transporte das mercadorias até os destinos costuma aumentar nos meses finais do ano.

Prepare seu e-commerce para um elevado número de visitas

O sonho de todo empreendedor é atrair um número crescente de visitantes para seu e-coomerce na tentativa de efetuar um volume satisfatório de vendas.

Na Black Friday 2021 a história não é diferente. Milhares de empresas já estruturam suas estratégias de conteúdo, tráfego direto, entre outros recursos para se destacarem nos nichos em que atuam.

E se você já vem percebendo um aumento de visitas em sua loja virtual, saiba que isso em um bom sinal. Afinal, os consumidores já estão começando a sondar quais serão as grandes ofertas desta Black Friday.

E para que o número de acessos a sua página seja apenas sinônimo de boas vendas e não de problemas, prepare a sua loja virtual para um tráfego acima da média na semana da Black Friday 2021. Isto é, você precisa contar com uma hospedagem confiável, capaz suportar grande volume de acessos simultâneos.

Além disso, é interessante monitorar a operação do e-commerce nesse período. Todas as páginas estão carregando? Os formulários de pagamento estão sendo processados devidamente?

O acompanhamento dessas questões por um especialista em desenvolvimento ajudará o seu negócio a ter um bom desempenho na organização da logística Black Friday 2021.

Entenda a importância da entrega na logística Black Friday 2021

Quando o assunto é logística Black Friday 2021, a “política de entrega” certamente é um capítulo à parte no contexto desse planejamento. Isso porque a pandemia e o acelerado processo de adequação das empresas para atender a prazos cada vez mais desafiadores incutiu no consumidor um senso de urgência nunca antes visto para receber suas compras feitas pela internet.

Grandes marcas do varejo, por exemplo, já prometem entregas expressas – no mesmo dia da compra ou 24h depois de confirmado o pagamento. Tantas outras vem trabalhando com o chamado “clique e retire” – opção na qual o consumidor realiza a compra online e a retira em alguma loja física ou centro de distribuição.

Entretanto, a entrega expressa tem um alto custo, o que acarreta o aumento do valor do frete para o cliente ou do subsídio que será pago pelo lojista. Afinal, quanto mais célere é a entrega, menos planejada e mais cara ela se torna.

A boa notícia é que grande parte dos clientes está ciente de que a entrega expressa custa mais e está disposta a pagar por isso. Segundo levantamento realizado pela McKinsey, 50% das pessoas gostariam de receber produtos no mesmo dia, mesmo se para isso tenham que pagar mais pela entrega. Isso demonstra o quanto a experiência de compra se sobressai ao custo para boa parte dos consumidores.

Pensando nisso, preocupe-se em oferecer a seus clientes diferentes métodos de entrega ao planejar a logística Black Friday 2021. Dessa forma, você conseguirá atingir um público cada vez maior, agradando todas as preferências, sem que isso represente um custo adicional para o seu negócio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *