Mercado eletrônico: crescimento das compras online no Brasil

Se você acha que sua estratégia de mercado eletrônico envolve apenas uma reformulação no planejamento de vendas e marketing, pense novamente. Muita coisa está acontecendo no mundo online, em uma velocidade espantosa e várias empresas ainda não conseguiram acompanhar.

Não é uma questão de falta de consciência do que está acontecendo: muitas já entenderam o recado, mas simplesmente ainda não conseguem acompanhar a celeridade do mercado eletrônico.

Um dos exemplos da mudança que faz parte do mercado eletrônico é saber que os consumidores móveis serão responsáveis ​​por boa parte de todas as transações das lojas online em alguns anos.

Para se ter uma ideia, de acordo com pesquisa publicada pela  Ebit, em 2018, as vendas através dos dispositivos móveis devem responder por mais de 30% do total no Brasil.

Além disso, o e-commerce brasileiro deve crescer 12% em 2018 e movimentar R$ 53,5 bilhões. São projeções publicadas no relatório Webshoppers 37 da Ebit.

O que vamos ver, a seguir, são os fatores que influenciam o aumento do comércio eletrônico no Brasil e assim, ajudar na elaboração de sua estratégia de crescimento das vendas online. Acompanhe.

 

É preciso entender que a Transformação Digital não é uma estratégia de Marketing

 

A primeira coisa que precisamos entender no processo de mudança que envolve o mercado eletrônico é ter a consciência de que Transformação Digital não é um nome bonito a ser usado nas estratégias de marketing.

Esse é um erro que muitas empresas estão cometendo, e você não faz ideia do quanto isso está acontecendo. Basta fazer uma pesquisa no Google para ver a quantidade de resultados relacionados.

A questão, aqui, é entender que realmente estamos passando por um momento de importantes mudanças. Isso envolve o mercado consumidor, comportamento social e uma grande evolução tecnológica.

Pare para pensar por um instante.O que vem à sua cabeça ao lembrar de marcas como Netflix, Airbnb, Uber, Spotify, entre outras empresas que surgiram recentemente?

Elas são muito mais do que seus aplicativos inovadores: representam a Transformação Digital em sua essência.

Essas empresas romperam com o conceito de mercado consumidor, transformaram os hábitos de consumo de todos nós e mudaram paradigmas que, para muitos, estavam escritos “em pedras”.

Já passamos da fase que algo revolucionário era ter uma loja virtual ou um aplicativo mobile. Hoje, o mercado eletrônico faz parte da Transformação Digital que vivemos atualmente. Reflita bem sobre isso, pode ser determinante para o futuro do seu negócio.

 

Fatores de aumento do mercado eletrônico no Brasil

 

Ainda falando sobre o relatório feito pela Ebit, vamos destacar dois pontos apresentados na pesquisa que servirá de base para entendermos os fatores de aumento do comércio eletrônico no Brasil.

  • O relatório mostra que o ano de 2017 foi marcado pela consolidação das vendas através dos marketplaces.
    Levando em conta o mercado total de bens de consumo, incluindo sites de artesanato e sites de vendas de produtos novos/usados, o setor registrou um crescimento de 21,9% em 2017, atingindo R$ 73,4 bilhões.

 

  • Em relação às projeções até o final de 2018, a Ebit acredita que o valor do ticket médio deverá ficar próximo a R$ 446, variação de 3,8% em relação ao ano anterior, impulsionado pelo aumento de vendas de televisores (ano de Copa do Mundo).
    E volume de pedidos no e-commerce deverá ser 7,7% maior em 2018, atingindo um total de 119,7 milhões de pedidos.

Você deve concordar: ao fazer uma análise destes dois pontos da pesquisa Ebit, podemos apontar três características principais:

  1. Segmentação de mercado por nichos;
  2. Aquecimento das vendas em época de crise;
  3. Investimento em tecnologia.

Percebeu que tivemos como base o histórico de 2017 e as projeções de 2018? Isso mesmo, você está certo, e essas características convergem para o crescimento do mercado eletrônico para os próximos anos no Brasil e no mundo.

 

Aumento do faturamento de empresas do ramo

 

Começamos nossa lista de fatores que influenciam o crescimento das compras online no Brasil com a segmentação de mercado.

Mesmo com a forte presença das grandes lojas online faturando alto e tomando grande parte da fatia do mercado, o e-commerce brasileiro está sendo marcado pelo crescimento dos nichos em diferentes segmentos.

A segmentação tem sido a melhor estratégia para concorrer com um mercado cada vez mais agressivo, como o online, e tem sido uma grande oportunidade de proporcionar uma nova experiência ao consumidor, que se tornou mais exigente em suas escolhas e fugindo dos grandes magazines, tanto online quanto offline.

O perfil do novo consumidor é altamente conectado, buscando produtos diferenciados, produzidos por especialistas e, principalmente, com a recomendação de outros clientes satisfeitos.

 

O aquecimento do mercado em 2018

 

Como vimos, a projeção para este ano é de crescimento e o mercado eletrônico tem mostrado seu aquecimento nos anos anteriores, mesmo em tempos de “crise”. O que explica esse fenômeno, mesmo com notícias tão assustadoras nos noticiários?

A resposta está no perfil do consumidor, que se movimentou entre as diferentes classes sociais e experimentou o doce gosto do consumo.

 

Investimento em tecnologias pelas lojas virtuais

 

O terceiro fator a ser considerado para o crescimento das compras online no Brasil, sem dúvida, é o investimento em tecnologia – mas é preciso ficar alerta.

Não estamos falando, aqui, em plataformas de e-commerce, redes sociais, dispositivos móveis e outros itens tecnológicos já consolidados no mercado online.

É preciso ir muito além. O investimento em tecnologia engloba a inovação. Voltamos a falar sobre a Transformação Digital e, por isso, o mercado eletrônico será marcado nos próximos anos pelo uso do avanço tecnológico com uso da Inteligência Artificial (IA), Internet das Coisas (IoT), Big Data, etc.

Como vimos, temos um novo consumidor, uma sociedade digital e conectada, produtos e serviços que convergem para o uso de tecnologia de ponta e o acesso a uma Internet cada vez mais veloz e transformadora.

 

Agora é com você! O que achou dos fatores que apresentamos? Faz sentido em uma perspectiva para os próximos anos? Deixe seu comentário aqui abaixo e não deixe de nos acompanhar em nosso blog e nas redes sociais.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *