Quem disse que você só pode vender na black friday? Depois de toda a loucura desse evento do varejo, sua empresa pode realinhar as estratégias e se preparar para estimular novas vendas pós black friday – explorando especialmente a Cyber Monday e o Natal.

Afinal de contas, estamos nos aproximando do fim do ano e as compras natalinas estão recém começando a decolar. Ainda é possível impulsionar as vendas para finalizar o ano com ótimos resultados e iniciar um novo ano embalado.
 

Mas o que fazer com todos os dados que sua empresa coletou durante a black friday? Como atingir os clientes que compraram na sua empresa? Você deve dar atenção a quem demonstrou interesse pela marca, mas não realizou nenhuma compra?
 

Neste artigo veremos as respostas para essas questões e entenderemos melhor como aproveitar o pós black friday para manter as vendas em alta. Confira.
 

A importância de uma estratégia pós black friday

Por que se limitar às vendas da black friday, se você tem a oportunidade de gerar resultados ainda melhores no período pós black friday, não é?
 

Entretanto, é preciso reconhecer que as vendas não continuarão ocorrendo se você não preparar uma boa estratégia. Afinal, muitos dos consumidores aguardam para fazer suas compras na black friday e não possuem tanto interesse em efetuar aquisições sem as ótimas condições encontradas na semana da black friday.
 

Com uma boa estratégia, você consegue desencadear diversos efeitos positivos para sua e-commerce:

  • Resgate de potenciais clientes. São inúmeras as pessoas que passam pelo seu site na black friday. E muitos deles deixam sua loja sem efetuar uma compra. O período pós black friday é o momento ideal para tentar fisgá-los de volta.

  • Preparação para vendas de final de ano. Entrando no mês de dezembro, as vendas de final de ano já começam a acontecer, não é? Você pode se antecipar e aproveitar a pós black friday para incentivar o público a continuar comprando.

  • Fidelização de clientes. Os clientes que compraram na sua empresa durante a black friday também podem optar por fazer novas compras neste período. Ao nutrir um bom relacionamento e oferecer os incentivos certos, você pode fidelizar uma parcela deste público.

  • Oportunidade de melhorias. Com base nos resultados conquistados na black friday, você pode fazer melhorias pontuais para deixar o consumidor ainda mais interessado no período pós black friday.
     

7 dicas para continuar com as vendas pós black friday

1. Faça uma avaliação dos resultados da black friday

Muitos e-commerces alcançam o nível mais alto de acessos em seus sites durante o período de black friday. Isso significa que é possível obter uma tonelada de dados do comprador se for dedicado um tempo para analisá-los.
 

Algumas perguntas que você deve tentar responder:

Quais campanhas / estratégias de marketing funcionaram? O que não funcionou?
 

Deve ser bastante simples olhar suas análises e ver quais fontes enviaram a maior parte do tráfego na black friday. Seus anúncios no Instagram geraram mais tráfego? Quais páginas de destino tiveram as taxas de conversão mais altas? Quais palavras-chave levaram as pessoas a acessar sua página inicial?
 

A coleta desses dados o mais rápido possível pode ajudá-lo a adaptar sua estratégia pós black friday – e também ao longo do ano seguinte. Afinal, você deseja investir em ações que realmente trazem resultados consistentes, não é?
 

Quais produtos foram vendidos? O que não funcionou?

Um aumento nas vendas durante a semana da black friday pode ser o suficiente para mostrar qual é o seu produto “quente” nesta temporada. Depois de coletar esse ponto de dados, você pode criar rapidamente uma campanha de marketing em torno desse produto para tirar proveito da tendência. E para produtos que não venderam bem, tente reduzir os preços para a Cyber Monday.
 

Esses dados também irão ajudá-lo a reabastecer e planejar para janeiro (e o resto do primeiro trimestre). Lembre-se de que as pessoas continuam comprando no ano novo, então o que estiver na moda em sua loja em dezembro continuará quente.
 

Quais foram os gargalos para as conversões?

Tempos lentos de carregamento do site. Processos de check-out confusos. Dificuldade com os métodos de pagamento. Muitos cliques para chegar ao produto de sua escolha. Muitos pequenos problemas podem resultar em vendas perdidas e carrinhos abandonados. Faça uma auditoria onde o público caiu (ou seja, páginas com altas taxas de rejeição e baixo tempo na página) e veja o que você pode fazer para corrigir esses problemas rapidamente.
 

O que seus concorrentes fizeram?

Muitos comerciantes estão exclusivamente focados em seus próprios negócios durante este período agitado (por um bom motivo!), mas vale a pena tirar um tempo para analisar as ações que outras empresas de seu nicho estavam / estão promovendo. Aprender com seus concorrentes pode ajudá-lo a entrar rapidamente em novas campanhas que podem fazer com que as ações pós black friday sejam um sucesso.
 

2. Concentre-se nos compradores que abandonaram os carrinhos

Um dos melhores lugares para concentrar suas energias pós black friday é nutrir os compradores que abandonaram seus carrinhos de compras. Afinal, essas são pessoas que demonstraram um sinal claro de que têm interesse nos seus produtos e podem precisar de apenas um “empurrãozinho” para finalizar suas compras.
 

Para extrair o melhor desse público, você pode buscar contato nos seguintes momentos:

  • Na black friday: seja bastante agressivo ao lembrá-los de que seu carrinho de compras tem produtos esperando para serem verificados. Envie um e-mail na primeira hora após o abandono do carrinho, mas tenha cuidado para manter o conteúdo útil, não insistente. Uma boa ideia é incluir perguntas frequentes (FAQ), bem como sua política de devolução.

  • Dia após black friday: cerca de 24 horas depois da black friday, envie outro e-mail. Agora você está prestes a atraí-los de volta para a Cyber Monday. Você pode mostrar itens semelhantes (talvez eles não tenham encontrado o que queriam) no e-mail e criar um senso de urgência mostrando que um item em seu carrinho pode estar com pouco estoque.

  • Cyber Monday: este terceiro e-mail pode funcionar como um lembrete do carrinho abandonado, mas também como uma forma de mostrar as novas ofertas da Cyber Monday que você está realizando. Agora a urgência é muito real: esses descontos e promoções estão prestes a expirar.
     

Além disso, você pode utilizar como base os dados coletados das pessoas que passaram pelo seu e-commerce na black friday para continuar estimulando compras durante todo o período de compras de fim de ano.
 

3. Explore o “frete grátis”

No período próximo ao Natal as vendas do e-commerce tendem a subir, certo? Portanto, o maior desafio das ações pós black friday é manter as vendas em alta durante neste meio tempo – e alavancar ainda mais as vendas de fim de ano.
 

Para isso, você pode explorar uma das condições favoritas do público: frete grátis. Muitos consumidores que abandonaram seus carrinhos podem mudar de ideia com essa proposta. Além disso, outros clientes que já fizeram suas compras podem resolver fazer novas aquisições neste momento.
 

4. Lide com devoluções e reclamações de clientes

Excelente atendimento ao cliente é a chave para um ótimo marketing de indicação, e como você lida com devoluções e reclamações pós black friday é fundamental para o sucesso futuro. Embora sua política de devolução deva ter sido clara desde o início, saiba que as reclamações dos clientes são apenas uma parte dos negócios. Nem todos os compradores leem tão cuidadosamente quanto deveriam e alguns estão apenas tentando burlar o sistema.
 

Aqui estão algumas dicas sobre como lidar com eles:

  • Facilite as devoluções. Uma boa interação com o cliente, mesmo que seja para devoluções, pode se traduzir em uma venda futura – desde que a operação seja uma experiência positiva. Vale a pena aceitar o golpe de reembolso se você for capaz de encorajar a fidelidade, especialmente se for um novo cliente devolvendo algo que recebeu como presente. Você pode fazer as devoluções gratuitamente (ou seja, você paga a postagem)? O seu negócio pode lidar com uma política de devolução “sem perguntas”? Esses elementos podem levar a relacionamentos incríveis com os clientes.

  • Capacite sua equipe para devoluções. É frustrante para os clientes ter que esperar no telefone para falar com alguém que possa ajudá-los com devoluções e reembolsos. Idealmente, você treinaria e capacitaria toda a sua equipe de suporte ao cliente para lidar com as devoluções, em vez de ter um gerente. Isso reduz o tempo de espera e, mais importante, faz o cliente se sentir apreciado. Certifique-se de treinar sua equipe sobre como lidar com devoluções da maneira certa: não sendo pedante sobre sua política de devoluções e, em vez disso, realmente ouvir e ter empatia com as reclamações.

  • Ofereça crédito na loja. Uma vez. Embora a maioria das pessoas deseje o dinheiro de volta, sua equipe deve sempre oferecer crédito na loja de maneira não agressiva, apenas uma vez. Dessa forma, você não perderá totalmente a venda se eles optarem pelo crédito. Se o comprador disser que não deseja, não toque no assunto novamente.

  • Reúna insights de suas devoluções. Treine sua equipe para registrar essas devoluções de forma sistemática para que você possa medir os porquês das reclamações. Padrões podem surgir e você estará mais preparado no futuro. Saiba onde estão seus erros e resolva-os para que haja menos devoluções e reclamações no futuro.
     

5. Reative antigos compradores do Natal

Indo um passo adiante, você pode convidar de volta seus compradores de Natal do ano passado. Eles já compraram presentes em sua loja, então é seguro presumir que gostem das suas coisas.
 

Além do mais, você sabe o que eles compraram, então é mais fácil personalizar um pacote completo de presente para eles.
 

Por exemplo, as compras do último ano indicam que eles têm dois filhos em idade pré-escolar na família, uma senhora idosa, alguém habilidoso com as ferramentas e um cachorro. Use esses insights e crie uma oferta personalizada para ele – incluindo opções de presentes para cada membro da família.
 

Se isso for demais para você, pode pelo menos enviar um e-mail com um código de cupom para lembrá-los de que compraram de você no ano passado. Trata-se de uma forma muito simples de continuar movimentando as vendas pós black friday.
 

6. Incentive o cross sell

Um consumidor comprou aparelhos de ginástica na black friday? Você pode oferecer ofertas de acessórios esportivos, roupas de ginástica ou tênis no período pós black friday.
 

Essa prática é chamada de cross sell (ou venda cruzada): você indica produtos relacionados ao que o comprador adquiriu. Com base nessa ação, você consegue aumentar o ticket médio das compras e despertar novos desejos de consumo.
 

7. Garanta uma ótima experiência para o cliente

Por fim, é fundamental garantir que sua empresa tem condições de garantir uma ótima experiência para o público pós black friday. Para isso, verifique como está a situação do estoque e se a logística será afetada por conta das transações que ocorreram durante a black friday.
 

Se os seus estoques estão quase vazios, emendar uma outra campanha de marketing pode ser um tiro no pé – pois muitos visitantes podem ficar decepcionados com os produtos indisponíveis.
 

Além disso, uma logística conturbada por conta do excesso de pedidos pode causar a insatisfação de clientes que demoram uma eternidade para receber seus produtos – e que podem decidir não retornar para novas compras no futuro.
 

Você gostou das dicas para gerar mais vendas pós black friday? Quais dessas ações a sua empresa já utiliza? Deixe o seu comentário.