Uma boa estratégia de vídeos para e-commerce cria uma oportunidade única para os varejistas online envolverem seus clientes em um nível muito mais profundo. Com isso, é possível promover um aumento no tráfego, conversões e até mesmo no valor da vida útil do cliente.

Dito isso, a popularidade do vídeo o torna um dos formatos de conteúdo mais amplamente utilizados (e competitivos). Para ver os resultados de seus vídeos, sua marca precisará desenvolver uma estratégia de vídeos para e-commerce eficiente.

Neste artigo vamos compreender melhor todo o potencial dos conteúdos em vídeo e algumas dicas de como elaborar uma estratégia de vídeos para e-commerce. Confira!

Estatísticas de vídeos para e-commerce

Se você está lendo isso, provavelmente tem uma boa ideia da importância dos vídeos para e-commerce. E para reforçar o potencial desta tendência, aqui estão algumas estatísticas:

  • 52% dos profissionais de marketing em todo o mundo nomeiam o vídeo como o tipo de conteúdo com o melhor ROI

  • 92% dos compradores afirmam que os recursos visuais são o fator mais influente que afeta as decisões de compra

  • Quase 50% dos usuários da internet procuram vídeos relacionados a um produto ou serviço antes de visitar uma loja

  • Vídeos nativos do Facebook têm um alcance orgânico 135% maior do que fotos

  • 82% dos usuários do Twitter assistem a conteúdo de vídeo no Twitter

4 razões pelas quais sua empresa precisa de uma estratégia de marketing de vídeo

Os vídeos para e-commerce permitem que você conte uma história sobre seus produtos e envolva seus clientes em potencial de uma forma única. Os vídeos dão vida aos seus produtos. Embora uma foto e uma breve descrição deem uma ideia do que é o seu produto, em um vídeo você pode demonstrar todos os benefícios e recursos.

Você pode mostrar como é quando outros clientes usam seu produto, o que eles adoram nele e o que torna sua marca melhor do que as outras. Você pode usar o humor, contar uma história ou até mesmo criar um videoclipe.

Veja os principais benefícios de uma boa estratégia de vídeos para e-commerce:

1. O vídeo converte espectadores em clientes

É mais provável que seus clientes comprem seu produto se sua estratégia de marketing explorar os conteúdos de sua preferência. E, segundo dados da Wyzowl, dois terços das pessoas (66%) disseram que prefeririam assistir a um pequeno vídeo para aprender sobre um produto ou serviço, que é mais de 3 vezes mais do que as pessoas que disseram preferir ler um texto baseado em artigo (18%).

Além disso, 80% dos profissionais de marketing afirmam que o vídeo ajudou diretamente a aumentar as vendas. Por outro lado, 84% dos consumidores dizem que foram convencidos a comprar um produto ou serviço assistindo ao vídeo de uma marca.

-> Confira também: Black Friday 2021 – prepare-se para a sua melhor chance de vendas:

2. O vídeo cria confiança entre você e seu público

Em 2019, a Stackla conduziu uma pesquisa com mais de 1.500 consumidores e profissionais de marketing. O estudo revelou que 90% das pessoas dizem que a autenticidade é importante ao decidir quais marcas gostam e apoiam. Isso é ainda mais verdadeiro para as gerações mais jovens.

Neste contexto, o vídeo é a forma mais humana de comunicação digital. Ele exibe sua voz, seu rosto e seus olhos como se você estivesse diante de seus clientes. Ele permite que você exiba sua personalidade. E isso demonstra confiança em sua marca e produtos. Tudo isso pode criar um forte vínculo entre você e seu público.

3. Os usuários de celular anseiam por vídeo

Se você puder escolher entre ler um texto ou assistir a um vídeo em seu smartphone, qual você prefere? A resposta parece óbvia, e você provavelmente presumiu que seu público também prefere vídeos.

Bem, o YouTube confirma isso. Mais de 70% do tempo de exibição do YouTube vem de dispositivos móveis, de acordo com a própria pesquisa do YouTube.

E a melhor parte? Os consumidores que assistem ao seu conteúdo de vídeo em seus dispositivos móveis têm quase 2x mais probabilidade de sentir uma conexão pessoal com sua marca e 1,3x mais probabilidade do que os usuários de desktop.

4. O vídeo é o melhor conteúdo para as mídias sociais

De anúncios a tutoriais, os vídeos têm melhor desempenho nas mídias sociais e conseguem maior engajamento, mais do que praticamente todas as outras formas de conteúdo.

No Twitter, por exemplo, os tweets com vídeos têm dez vezes mais chances de ter um engajamento 10 vezes maior do que os tweets sem vídeo. Os vídeos do Facebook têm uma taxa média de engajamento de 6,13% em comparação com apenas 3,6% para as postagens do Facebook em geral.

A mais nova plataforma de vídeo, TikTok, tem a maior taxa média de postagens de qualquer plataforma de mídia social. E 90% das pessoas dizem que já descobriram uma marca ou produto no YouTube.

Que tipos de vídeos posso criar?

O potencial para suas ideias de conteúdo de vídeo é limitado apenas por sua imaginação. Como uma loja de comércio eletrônico, você provavelmente oferece uma variedade de produtos – e cada um deles pode ser comercializado de maneira diferente, em muitos tipos de vídeos.

Se você tiver um entendimento sólido do que seus clientes em potencial desejam e precisam e o que os clientes existentes amam em seus produtos, você pode imaginar que tipo de conteúdo de vídeo terá mais repercussão entre eles.

Aqui estão alguns tipos de vídeos para e-commerce que você pode criar para envolver clientes em potencial e aumentar as vendas online:

Vídeos curtos de marketing

Você não precisa ter uma câmera sofisticada ou uma equipe de produção de vídeo para fazer ótimos vídeos de marketing. Hoje é mais fácil do que nunca fazer vídeos de alta qualidade em seu computador ou smartphone.

Você pode responder a perguntas comuns que os clientes têm, falar sobre o que torna sua marca única ou anunciar o lançamento de um novo produto. Assim como você planejaria seu marketing de conteúdo, você pode planejar seu conteúdo de vídeo com um script, uma oferta e planejar onde compartilhar seu conteúdo.

Tutorial do produto ou vídeos de instruções

Os clientes atuais e potenciais podem se beneficiar de vídeos tutoriais de produtos. Você pode mostrar a um novo cliente como usar um produto, os benefícios e responder a quaisquer dúvidas que as pessoas possam ter.

Vídeos animados de produtos

Se você não quiser estar no vídeo sozinho ou contratar um ator para fazer isso, os vídeos animados também são uma opção. Você pode encontrar animadores digitais online para criar vídeos divertidos e coloridos que certamente chamarão a atenção de um cliente em potencial.

Manual do produto

Ninguém gosta de ler um manual extenso. Ao criar vídeos de configuração e instalação do produto, você pode explicar melhor aos clientes como configurar seu novo produto.

Os usuários estão constantemente procurando informações sobre os produtos que já estão usando. Ter vídeos sobre suas perguntas comuns é ótimo para a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), que direcionará mais tráfego para sua loja de comércio eletrônico ou canal do YouTube.

Avaliações e depoimentos de produtos

Embora existam muitos lugares onde os usuários podem conferir as avaliações de seus produtos, nada é tão convincente quanto um depoimento em vídeo.

Por um lado, é muito mais difícil falsificar depoimentos em vídeo, então os clientes em potencial são mais propensos a acreditar que as avaliações são autênticas. Além disso, os vídeos são muito mais envolventes do que ler avaliações online. Assim que os usuários virem aqueles sorrisos nos rostos de seus clientes, eles se sentirão inclinados a comprar em sua loja online também.

Entrevistas com especialistas

Entrevistar especialistas, seja sobre seus produtos ou um tópico do interesse do seu público, é uma ótima maneira de construir autoridade em seu setor. As pessoas adoram aprender coisas novas e ouvir sobre as novas tendências dos melhores.

Além disso, você pode até ampliar seu alcance se o especialista compartilhar seu vídeo com seu próprio público.

Facebook ou Instagram Live

Com o surgimento de vídeos ao vivo, como o Facebook Live e o Instagram Live, não há necessidade de seus vídeos serem pré-gravados.

Basta fazer login em sua conta de mídia social, planejar sua mensagem e entrar no ar. Você não pode apenas falar com seus seguidores em tempo real, mas também pode compartilhar seu vídeo nas redes sociais ou carregá-lo no YouTube.

Vídeos baseados em histórias

O tipo mais eficaz de conteúdo de vídeo são os vídeos baseados em histórias. Esses vídeos não apenas descrevem seu produto, eles criam uma narrativa em torno dele que seus clientes em potencial irão se lembrar.

Pense nos anúncios de tênis da Nike. Eles não apenas descrevem as características e benefícios do calçado. Eles mostram alguém praticando esportes, curtindo sua vida e se conectando com amigos – tudo isso usando tênis Nike. Com essa abordagem, a alegria no rosto do ator é tudo que os usuários precisam ver para se convencer de que os produtos Nike vão melhorar suas vidas.

Com vídeos baseados em histórias, você pode criar uma sensação de conexão com seus clientes em potencial.

Como elaborar uma estratégia de vídeos para e-commerce?

Afinal, como você pode elaborar uma estratégia de vídeos para e-commerce? Aqui estão algumas dicas que vão ajudá-lo:

1. Faça um planejamento

O primeiro passo é planejar seus vídeos para e-commerce. Quais são as abordagens que você deseja adotar? E quais são os principais pontos sobre seus produtos que você quer destacar? As seguintes perguntas são um bom ponto de partida:

  • Quais são os principais recursos do seu produto e quais problemas eles resolvem? Pense em como seu produto pode tornar a vida de seus clientes melhor e apresente-o de uma forma que os ajude a entender não apenas o que é seu produto, mas por que devem comprá-lo.

  • Quais são as perguntas mais frequentes dos clientes sobre o seu produto? Certifique-se de abordar isso em seus vídeo.

  • Existe uma história de fundo exclusiva que tornaria seu produto mais atraente para os compradores em potencial? Se sim, diga!

  • Seu produto vem em diferentes variações? Em caso afirmativo, eles são diferentes o suficiente para que você queira criar vídeos separados para cada um ou deseja incorporar todos eles em um único vídeo? Pense no que é mais conveniente para o cliente.

2. Selecione um formato

Pense em como você gostaria de formatar seu vídeo em termos de narração. Existem três opções populares:

  1. Ter alguém em frente à câmera exibindo o produto.

  2. Usar uma narração com imagens e vídeos.

  3. Usar títulos e legendas para narrar seu vídeo.

3. Prepare seu roteiro

Depois de conhecer os principais recursos que gostaria de compartilhar sobre seu produto, faça um pequeno brainstorming sobre como você os apresentará.

Observe que para muitos vídeos de produtos – especificamente para itens visuais como roupas, sapatos, joias e arte – seu objetivo deve ser dar ao seu cliente uma visão mais aprofundada do seu produto e explorar os recursos como se eles estivessem explorando o produto em pessoa.

Em seu script, apresente brevemente o produto e, em seguida, revele os principais recursos que os clientes achariam benéficos.

Se o seu produto for mais utilitário – como utensílios de cozinha ou eletrônicos – você pode mostrá-lo em ação em seu vídeo. Apresente seu produto e, em seguida, mostre uma breve demonstração de alguém que o está usando.

4. Reúna os materiais necessários

Assim que seu script estiver pronto, é hora de reunir todos os recursos de que você precisa para criar seu vídeo.

Antes de começar a filmar qualquer coisa, faça um inventário de todas as fotos e vídeos filmados anteriormente que poderiam ser usados para ilustrar o produto em seu vídeo. Enquanto reúne os recursos que já possui, pegue também um logotipo de alta resolução para fins de branding.

Depois de escrever seu roteiro, coletar e gravar todas as suas fotos e videoclipes, decidir sobre a trilha sonora e como vai contar sua história, é hora de editar seus videoclipes, fotos, música, texto e gráficos juntos para criar seu vídeo.

5. Foco no engajamento

Há uma tonelada de conteúdo de vídeo online e, como tal, os períodos de atenção dos espectadores estão mais curtos do que nunca. Por esse motivo, é importante garantir que seu vídeo seja envolvente.

Para isso, mantenha seus vídeos curtos e diretos. Uma pesquisa da Animoto mostrou que quase dois terços dos consumidores preferem vídeos com menos de 60 segundos.

6. Evidencie sua marca de forma consistente

Você tem um logotipo para sua loja? E as cores da marca? Certifique-se de incorporar isso em seu vídeo. Você deseja que o vídeo seja reconhecível como vindo de você, portanto, incluir esses elementos é importante.

7. Inclua uma chamada para ação

Certifique-se de incluir uma chamada para ação (CTA) em seu vídeo para que os espectadores saibam qual ação você gostaria que eles realizassem após assistir. Isso pode ser qualquer coisa, desde visitar seu site até fazer uma compra ou se inscrever para receber um boletim informativo.

Você gostou das dicas para elaborar uma estratégia de vídeos para e-commerce? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *