Black Friday: estratégias relâmpago para a data

 

A Black Friday acontece sempre após o feriado de Dia de Ação de Graças, comemorado nos EUA. Em 2018, a data cairá no dia 23 de novembro. A data cresce a cada ano no Brasil, gerando novas oportunidades para o comércio.

 

Mas e você, como pode aproveitar a Black Friday para aumentar as suas vendas, mesmo estando às vésperas da famigerada sexta-feira? Separamos algumas estratégias simples para ajudá-lo a agir rápido e não comer poeira.

 

Estratégias relâmpago para a Black Friday

 

Em 2017, a Black Friday brasileira bateu todos os recordes dos anos anteriores, movimentando R$ 2,1 bilhões a partir dos 3,76 milhões de pedidos realizados. O crescimento registrado foi de 10,3%, sendo que o ticket médio dos pedidos foi de R$ 562,00.

 

Com todos querendo uma fatia desses números e os consumidores ficando cada vez mais preparados, além de espertos contra qualquer fraude, fica cada vez mais difícil se posicionar online e competir com anúncios e publicidades de marcas gigantes. Mas, você pode utilizar de estratégias mais diretas e rápidas para levar suas ofertas até o seu público-alvo.

 

WhatsApp

 

O WhatsApp é um dos aplicativos de mensagens mais populares no Brasil e no mundo, se popularizando também como ferramenta de negócios, tanto que foi lançada uma versão Business, que por enquanto é gratuita.

 

Essa versão permite que você cadastre o endereço da sua loja física, uma descrição do que você faz, horário de funcionamento, seu e-mail de atendimento e o site da empresa ou e-commerce. Você também pode usar de mensagens programadas a partir de gatilhos de palavras, saudações para seus contatos e falas para quando estiver ausente.

 

black-friday-etiquetas-whtasapp-business

Outra funcionalidade legal são as etiquetas, que podem ajudá-lo a controlar e organizar as conversas e pedidos dos clientes pelo WhatsApp. Além das etiquetas sugeridas pelo sistema, você também pode criar as suas próprias, adequando à sua forma de trabalho.

 

OK, mas e as estratégias? Duas delas que você pode utilizar, independente se você tem, ou não, o WhatsApp Business.

 

  • Lista de Transmissão

Com a lista de transmissão você consegue levar sua mensagem simultaneamente para até 265 pessoas e, diferentemente de um grupo, os contatos a veem de forma individual.

 

Ou seja, imagine você criando uma imagem, vídeo, ou até texto, falando sobre suas condições diferenciadas para a Black Friday e enviando para as listas (sim, você pode criar várias com os celulares de clientes e possíveis interessados que já tenha cadastrado em seu sistema de gestão, por exemplo).

 

Todos que estiverem na lista irão receber a mensagem de forma individual, dando o ar de exclusividade, personalização, mesmo tendo sido enviada em conjunto. E o que é mais legal, você pode deixar o gancho para que os contatos te respondam ou cliquem em algum link direto para fazer a compra. O retorno também será individual e você poderá lidar com a necessidade específica de cada um de seus clientes.

 

  • Status

O Status é uma ferramenta do WhatsApp que permite que você compartilhe vídeos, imagens,gifs, textos e até links com um período de 24h de duração, sendo tudo apagado depois disso.

 

Na Black Friday, você pode compartilhar no seu Status, ou da empresa, as suas promoções matadoras, já contando que elas ficarão disponíveis por um tempo determinado. As informações ficam disponíveis para todos os seus contatos do WhatsApp e podem gerar vendas extras para seu e-commerce.  

 

black-friday-status-whatsapp

Dica Extra: Não sabe onde conseguir imagens grátis e livres de direitos para usar na divulgação? Utilize o site Pixabay, que tem em seu acervo mais de 1 milhão de imagens compartilhadas pela comunidade.

 

Push Notification

 

Plataformas de e-commerce, como o SuperON, permitem que você envie notificações mobile informações sobre promoções e cupons de desconto, levando os usuários que já usam o sistema à ação imediata!

 

black-friday-push-notification

O ideal é você encaminhar promoções específicas de acordo com o perfil de compra dos seus grupos de usuários, mas nada impede que você utilize a ferramenta para impactar toda a sua base.

 

Outra dica legal é encaminhar mais de uma notificação, inclusive antes da data da Black Friday, gerando interesse no consumidor antes mesmo do grande dia. Ah, e por quê não fazer uma pós-Black Friday com aqueles produtos de menor giro e que esperava que tivessem vendido mais.

 

Dica Extra: Além das notificações nos smartphones e tablets você também pode construir uma audiência para seu e-commerce a partir do seu site com notificações diretamente no navegador (Chrome, Safari, Mozilla Firefox).

 

O Subscribers faz isso gratuitamente, permitindo que você mande suas novidades, promoções e até criando uma trilha de notificações para quando as pessoas se inscreverem. É uma boa oportunidade para falar dos seus diferenciais e já geram conversões. É um complemento legal e pode gerar um tráfego legal para suas próximas datas especiais, como o Natal e Black Friday 2019.

 

E-mail com contador regressivo

 

Em uma data como a Black Friday, um dos gatilhos mais trabalhados para a persuasão até a venda é o da escassez. Uma das melhores formas de despertar esse senso de urgência no consumidor é a partir de contadores regressivos, que reforçam a oferta por tempo limitado, forçando a pessoa a antecipar suas ações.

 

Duas ferramentas bem simples, e grátis, para a criação desses timers dentro do e-mail, e que permitem personalizar as cores e as fontes dos números para ficar mais com a cara da sua empresa, se adaptando melhor ao visual do seu e-mail, são o Sendtric quanto o MotionMail.

 

Elas podem ser uma mão na roda, pois são muito simples de usar, bastando colocar a data em que o contador irá encerrar. Adicione ao e-mail aquelas suas ofertas e condições mais impactantes, e prepare-se para aumentar suas respostas por esse canal.

 

Vídeos mostrando seus produtos

 

Quem aí não passa algumas horas da semana vendo vídeos no YouTube, Facebook, WhatsApp, etc?! O formato audiovisual é mais cativante e transmite melhor as sensações e detalhes do que está em quadro. E o melhor, os smartphones democratizaram a produção de vídeos, tornando muito mais fácil e rápido gravar e publicar o seu conteúdo. Não é à toa que as redes sociais estão cheias de vídeos selfies.

 

Dito isso, por quê não colocar os vídeos gravados de forma caseira, mas que apresentam seus produtos que estarão em promoção, sanando possíveis dúvidas de seus consumidores quanto ao atendimento e vigência dos preços na estratégia da sua Black Friday?

 

Você pode utilizar o ambiente da sua loja física ou seu armazém/estoque como cenário, aproximando seus clientes da sua empresa. Ao enviar e publicar nos seus canais (Facebook , Instagram e WhatsApp, por exemplo), lembre-se sempre de deixar um link para direcionar sua audiência para onde estão suas promoções.  

 

Muitas vezes não é necessária uma superprodução, apenas usar sua criatividade e clareza para comunicar diretamente com o seu público-alvo. Além do que, o vídeo aumenta a sua chance de conseguir novos clientes a partir do compartilhamento, que costuma ser mais nesse formato.

Não se limite à Black Friday

 

Esperamos que as dicas contribuam com as ações para a sua Black Friday, mesmo que você tenha deixado algumas coisas para a última hora. E você não precisa ficar restrito à essa data, mas sim pode utilizar as ferramentas que citamos para aumentar suas vendas continuamente.

 

Manter um contato próximo com seus clientes, dialogando com eles e oferecendo condições que os mantenham estimulados e comprando é uma estratégia diária que com certeza pode gerar um resultado positivo para o seu negócio.

 

Gostou das dicas? Conhece mais alguma que não falamos? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

 

Como a curva ABC ajuda a vender mais no e-commerce?

A curva ABC está intimamente associada à regra 80/20 de Pareto, uma métrica de negócios que propõe que 80% dos resultados são determinados por 20% dos produtos que tiveram prioridade em relação ao investimento ou ao esforço aplicado nas vendas.

O objetivo da curva ABC é fornecer um meio para que uma empresa identifique os 20% dos produtos que devem ser priorizados. Uma vez que os A’s, B’s e C’s tenham sido identificados, cada categoria de produto pode ser tratada de uma maneira diferente, com mais atenção sendo dedicada à categoria A, menos à B, e menos ainda à C.

A curva ABC é mais frequentemente associada ao controle de estoque, mas o mercado também tem usado para classificar itens como: quais clientes são mais importantes, quais segmentos de negócios causam maior risco financeiro, quais funcionários são mais valiosos ou quais partes de um processo são mais importantes.

Atualmente, essa estratégia também tem sido utilizada no comércio eletrônico e ajudado no aumento de vendas em lojas virtuais de diferentes segmentos. Vamos entender melhor o funcionamento da curva ABC no decorrer do artigo. Acompanhe!

Tudo começou na gestão de estoque

A estratégia adotada pela curva ABC é amplamente utilizada como um eficiente método de gerenciamento de estoque. Como você sabe, a gestão de estoques é uma parte essencial do controle financeiro de qualquer negócio, inclusive o de comércio eletrônico.

O estoque é o chamado capital ativo da empresa, o que significa que ele é sinônimo de dinheiro. Em outras palavras, a maneira como você gerencia seu estoque deve ser eficiente em termos de custo e trazer lucro para sua empresa.

A aplicação da curva ABC no gerenciamento de estoque consiste, basicamente, em um método de classificação em que:

  • Um produto de grande importância corresponde a 20% do estoque;
  • Produtos B, de média importância, correspondem a 30%;
  • Produtos C, de baixa importância, correspondem a 50%.

Ao adotar a estratégia da curva ABC na gestão do estoque, as empresas passaram a fazer o monitoramento dos produtos e a saber, assim, a quantidade mínima de itens necessários para atender à demanda do consumidor, sem perder nenhuma venda – ao mesmo tempo que evitam o excesso de estoque, o que poderia comprometer suas receitas devido ao limite de capital e ao espaço de armazenamento.

Com os bons resultados apresentados pela estratégia, a curva ABC passou a ser aplicada na gestão estratégica do e-commerce, ajudando, assim, a alavancar ainda mais as vendas.

A curva ABC aplicada a gestão estratégica do e-commerce

A tecnologia em constante evolução, o aumento da concorrência e a mudança das tendências de compra são apenas alguns dos principais desafios que os varejistas de comércio eletrônico de hoje enfrentam diariamente.

Para alguns lojistas online, o suporte necessário para esse cenário vem da aplicação da curva ABC na gestão estratégica do negócio, permitindo que eles tomem decisões de negócios mais inteligentes e assertivas.

Quando a curva ABC é aplicada na gestão do negócio, considerando a prioridade dos produtos mais vendidos em sua loja virtual, é possível maximizar o gerenciamento dos itens mês a mês, conhecendo, assim as reais necessidades do seu e-commerce. Isso leva a uma compra consciente e a custos menores para sua loja on-line.

A logística do seu e-commerce também é facilitada quando você aplica a curva ABC. Quando se reduz o número de produtos armazenados, fica mais fácil organizar as mercadorias e separar os pedidos para enviar aos consumidores. Assim, você ganha agilidade nas entregas (lead time) e melhora a satisfação do cliente.

Otimizando as vendas através da curva ABC

A curva ABC otimiza a prática de vendas, o engajamento e as conversões, aproveitando o conhecimento dos produtos mais vendidos e os definindo como prioridade. Ao adotar essa a estratégia na gestão do negócio, é possível prever as vendas futuras da loja virtual e ser mais assertivo nos resultados.

Ao realizar o gerenciamento das vendas com uso da curva ABC, sua empresa também traz eficiência para o seu controle financeiro, já que você tem todas as informações sobre as mercadorias em mãos. Isso permite que sua loja online funcione com mais fluidez em todo o ciclo de venda.

Desta forma, ao investir no gerenciamento estratégico do seu e-commerce, você está evitando perdas financeiras devido à falta de mercadorias para entrega. A curva ABC te proporciona o controle total sobre a gestão, ajudando sua empresa a:

  1. Evitar compras desnecessárias, protegendo o fluxo de caixa da empresa;
  2. Liberar espaço para produtos mais relevantes, favorecendo as vendas e a lucratividade.

A curva ABC em resultados práticos

Imagine que é Black Friday e seu e-commerce atinja e até ultrapasse todas as metas de vendas – que felicidade, não é?

Clientes de todo o Brasil, ou de toda a sua região de entrega,  acessaram seu site e concluíram com sucesso suas compras. Porém, quando sua empresa inicia o processo de envio dos produtos para os clientes, descobre que não há itens suficientes em estoque para atender à demanda.

Além de frustrar o cliente que já espera receber o produto, existe toda a situação de logística reversa. Isso resulta em perdas com reembolsos e taxas bancárias. Resultado: perda financeira.

E, para piorar, um consumidor irritado reverte sua insatisfação para outros potenciais clientes, afetando diretamente seu e-commerce. A partir dessa perspectiva, você deve se preocupar não apenas com o prejuízo financeiro, mas, também, com a reputação de sua loja on-line.

Os custos financeiros causados ​​por atrasos de entrega, sem mencionar danos à imagem devido à insatisfação do consumidor, podem ser reduzidos se você aplicar a curva ABC de forma estratégica.

 

Os próximos passos

Como vimos, adotar a curva ABC é especialmente recomendado para quem administra um negócio de comércio eletrônico.

Além de garantir maior segurança para o processo de vendas do seu e-commerce, ao adotar essa estratégia de gestão, o consumidor também é beneficiado durante todo o ciclo de compra, aumentando a confiabilidade de sua loja virtual entre os clientes e o mercado.

Implementar a curva ABC na gestão do seu e-commerce deve ser seu próximo passo para o sucesso. Não perca tempo, o momento é agora e muitos concorrentes já estão na sua frente.

 

Para se manter atualizado com dicas como essa e outras novidades, continue acompanhando o nosso blog e redes sociais. Gostou do texto? Deixe seu comentário.

Como definir o mix de produtos para e-commerce de supermercado?

Acertar no momento de definir o mix de produtos para o seu e-commerce de supermercado pode ser um dos grandes diferenciais para maximizar os resultados alcançados. Oferecer exatamente o que o público espera do seu negócio é muito importante para atrair novos consumidores e fidelizar os clientes.

Leia mais

Como fazer a precificação de seus produtos na loja virtual?

Acertar na precificação os produtos pode ser um diferencial entre o sucesso ou fracasso de uma empresa do atacado distribuidor e varejo. Em meio a tantos/ fatores que interferem na gestão e nos resultados de uma organização, vender os produtos pelos melhores preços impacta diretamente na lucratividade possível de alcançar.

Leia mais