Marketing Digital para e-commerce, por onde começar?

por 4/09/2019Blog, Mercado

Entenda como funciona o marketing digital e como essa estratégia pode ajudá-lo a otimizar os resultados do seu e-commerce.

 

Administrar um e-commerce bem-sucedido significa ter uma estratégia de marketing digital incrível. O marketing é fundamental para aumentar sua base de clientes, criar oportunidades de vendas e alavancar a receita. As estratégias corretas de marketing de comércio eletrônico podem ajudá-lo a expandir seus negócios exponencialmente e a se transformar em uma empresa de sucesso.

Mesmo considerando todo o potencial do comércio eletrônico no Brasil, é preciso reconhecer que existe um grande número de concorrentes brigando por um lugar no mercado – e o marketing digital é seu grande aliado para chamar a atenção do público e se diferenciar.

Neste artigo, examinaremos a principal estratégia de marketing digital para levar seu e-commerce ao sucesso. Confira por onde você pode começar a estruturar o marketing do seu negócio. Acompanhe. 

Mas, então, o que é marketing digital?

O marketing digital é uma estratégia de marketing usada para promover uma marca ou produto usando tecnologias eletrônicas. Ou seja, são exploradas as ferramentas que estão à disposição na internet para divulgar a sua marca ou os produtos do seu e-commerce.

Se você vende produtos em uma loja virtual, então os seus clientes estão todos conectados à internet, certo? Portanto, são as ações no mundo digital que realmente surtem efeito. Você pode alcançar potenciais clientes por meio do Google, redes sociais, e-mail, anúncios em banners, entre muitas outras opções.

O poder do marketing digital é fenomenal. Você pode alcançar milhões de usuários em poucas horas e alguns cliques. E executar ações de marketing no mundo digital está ao alcance de qualquer pessoa – com baixos custos.

Por que o marketing digital é tão importante para as empresas de comércio eletrônico?

Os hábitos dos consumidores estão mudando com a evolução da tecnologia. Você não precisa ir até uma loja física para comprar um livro. Basta uma rápida pesquisa na internet para encontrar os melhores preços e fazer a sua encomenda. É justamente toda essa facilidade que tornou o e-commerce tão lucrativo.

Porém, toda essa facilidade também vale para o consumo de informações e conteúdos. Basta um smartphone com acesso à internet para que seja possível acompanhar vários conteúdos em tempo real: notícias, publicações em mídias sociais, pesquisas no Google, etc.

Toda essa mudança do consumidor gerou uma grande dúvida entre os empresários: como chamar a atenção dos potenciais clientes?

As propagandas na televisão perderam o seu impacto, pois as pessoas estão cada vez mais consumindo conteúdo sem vídeo pelo YouTube ou Netflix. E o mesmo vale para diversos outros formatos de conteúdo: o rádio perde espaço para o Spotify, os jornais são trocados por e-mails, aplicativos e sites.

É aí que o marketing digital entra em jogo. Atualmente, a única maneira de alcançar clientes em potencial e comercializar seus produtos é utilizando os diferentes canais de marketing digital. Se é na internet que as pessoas estão, é neste ambiente que o seu e-commerce precisa estar.

4 etapas para começar a usar o marketing digital para e-commerce

Reconhecer a importância do marketing digital para o e-commerce é apenas o primeiro passo. A partir disso, surge uma nova preocupação: como começar a usar essa estratégia de forma efetiva?

Para ajudá-lo, veremos 4 etapas para começar a usar o marketing digital na sua empresa:

  1. Criar um plano
  2. Definir seu mercado-alvo
  3. Descobrir o que o torna único
  4. Começar a promover sua loja online

Vamos entender melhor cada uma dessas etapas?

1. Crie um plano

Se você quer criar um negócio de comércio eletrônico com sucesso, precisará de um plano sólido para evitar desperdiçar tempo e dinheiro com coisas que não terão um impacto positivo nas vendas.

Um plano ajudará você a se concentrar e também permitirá que você aloque recursos nos projetos certos. E é importante que esse plano inclua metas de curto e longo prazo.

Ao definir suas metas, verifique se elas são SMART:

  • Específicas
  • Mensuráveis
  • Atingíveis
  • Realistas
  • Temporais

Quantas vendas você deseja fechar no próximo semestre? Imagine que você defina que quer fechar 200 vendas e faturar R$50.000,00 nos próximos seis meses. Essa é um ótimo ponto inicial para começar a estruturar suas ações de marketing digital.

2. Defina seu mercado-alvo

O próximo passo é descobrir quem é seu mercado-alvo. Quem precisa do seu produto? Quais são as pessoas que estão dispostas a comprá-lo?

Se você está tendo dificuldades para descobrir quem gostaria de comprar seu produto, aqui está um truque: primeiro, pergunte-se que problema seu produto resolve. Então, encontre pessoas que estão enfrentando esse problema. Essas pessoas serão seus clientes-alvo.

Entenda quem são eles (demografia) e por que eles compram (psicografia) para que você possa elaborar melhor sua mensagem de marketing. Qualquer informação sobre seu alvo será útil. Reúna o máximo que puder.

Quanto mais informações você tiver a respeito do seu mercado-alvo e do perfil do seu cliente, melhor pode direcionar as suas ações – adequando a linguagem, os canais digitais usados e os conteúdos das mensagens.

3. Descubra o que torna sua empresa única

Por que as pessoas comprariam o seu produto e não o da concorrência? Ao descobrir isso, você terá mais facilidade em vender seu produto. Você também poderá criar melhor sua mensagem de marketing ao falar ou anunciar para seu público-alvo.

Antes de começar a investir o seu dinheiro em anúncios no Facebook ou em campanhas de e-mail marketing, é fundamental saber como gerar um impacto positivo entre o público. Se você não conseguir se diferenciar, são grandes as chances de que suas ações não sejam bem recebidas pelos potenciais clientes.

4. Comece a promover sua loja online

Você já traçou metas, identificou quem é seu mercado-alvo e sabe o que torna seu produto único. Agora, está preparado para colocar a mão na massa. O próximo passo é garantir a conscientização de sua marca, promovendo seus produtos nos canais de marketing digital.

E o que não faltam são boas opções de canais digitais para promover o seu e-commerce. Logo a seguir veremos algumas ideias que você pode explorar – sempre buscando marcar presença onde está seu público-alvo.

Pesquisa paga

As pessoas pesquisam na internet para tirar dúvidas, procurar empresas, encontrar produtos, pesquisar preços, entre várias outras razões. Portanto, ser encontrado nesses resultados de busca pode ser uma forma eficiente de levar mais pessoas para o seu site.

A promoção do seu e-commerce nos mecanismos de pesquisa é um dos métodos mais populares de direcionar tráfego para o site. E a principal forma de colocar isso em prática é com o Google Ads – que é a ferramenta de anúncios do Google.

Campanhas de e-mail marketing

O e-mail geralmente está entre os três principais canais que direcionam mais tráfego para uma loja online. Trata-se de um canal direto de comunicação entre a sua empresa e seus potenciais clientes (e clientes que já compram no seu negócio).

Para organizar uma campanha de e-mail marketing, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Crie uma lista de e-mail com todas as pessoas que possuem interesse na sua marca
  • Ofereça incentivos em troca de um e-mail (cupom, guia de compras, e-book, etc.)
  • Organize concursos entre o público
  • Envie campanhas de e-mail pelo menos uma vez por semana
  • Lance e-mails automáticos que serão enviados aos assinantes quando eles executarem um comportamento específico (abandono de carrinho, confirmação de pedidos, etc.)
  • Monitore os resultados conquistados (taxa de abertura, taxas de cliques, cancelamentos de assinatura, etc.)

Além disso, você pode manter contato com a sua lista de e-mail para informar sobre novos produtos, ofertas e promoções, eventos da loja, cupons, novas postagens no blog e muito mais.

Otimização para mecanismos de pesquisa

Já vimos que você pode explorar o marketing digital com anúncios feitos nos mecanismos de busca. Porém, em longo prazo, você certamente deseja ser encontrado de forma orgânica – ou seja, bem posicionado nos resultados de buscas sem a necessidade de realizar pagamentos.

A otimização da sua loja online para mecanismos de busca será um dos seus melhores investimentos a longo prazo. Ao fazer isso, você se beneficiará de um grande volume de tráfego ao longo dos anos.

A otimização inclui como você estrutura e projeta seu site. É também sobre a rapidez com que é carregado e o tipo de conteúdo que você cria (texto, vídeos e imagens). Esses são alguns dos fatores que podem afetar sua classificação nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

Mídias sociais

Uma grande porcentagem do seu público-alvo está gastando muito tempo nas mídias sociais. Eles estão usando para manter contato com amigos, postar selfies, compartilhar fotos de comidas, assistir vídeos, apoiar causas, participar de grupos, procurar entretenimento ou aprender algo.

Atualmente, a maioria das redes de mídia social permite que as empresas criem uma conta comercial e criem anúncios. E você pode tirar vantagem disso. Use as mídias sociais como uma maneira de gerar conscientização e direcionar tráfego para sua loja online. Ele complementa seus outros esforços de marketing digital.

Banners

Os anúncios gráficos, também conhecidos como banners, são ótimos para o reconhecimento da marca. Infelizmente, o desempenho deles não é mais o que costumava ser. As pessoas se acostumaram a ignorá-los e a não clicar. No entanto, isso não significa que eles não funcionam.

Os anúncios gráficos podem ser eficazes ao segmentar os usuários certos no momento certo. Também é importante considerar os usuários de celular e como eles se envolvem com os anúncios em banner.

Os banners também podem ser usados como parte de sua estratégia de redirecionamento. Ou seja, você pode usá-los para se comunicar efetivamente com as pessoas que já visitaram o seu site – como em anúncios que mostram novamente produtos que foram visualizados no seu e-commerce.

Marketing de conteúdo

Criar um conteúdo valioso e divertido para o seu público será um dos melhores investimentos que você pode fazer no seu e-commerce. Em vez de focar simplesmente na promoção dos seus produtos, você pode gerar informações úteis para o seu público-alvo

Para isso, você deve criar um blog para hospedar seu conteúdo. Em seguida, você o distribui nas mídias sociais, e-mail ou por meio de notificações em um aplicativo próprio da sua empresa. Os mecanismos de busca capturam esse conteúdo ajudam a gerar tráfego quando alguém busca pelos assuntos tratados.

O marketing de conteúdo inclui:

  • Artigos (posts do blog)
  • Fotos
  • Vídeos
  • Webinars
  • E-books
  • Cursos online
  • Entre diversos outros formatos

 

Você gostou das dicas de marketing digital para o seu e-commerce? Quais estratégias você já utiliza na sua empresa? Deixe o seu comentário.

Relacionados