Você consegue se imaginar sem o seu Smartphone durante muito tempo? Complicado, não é verdade? A mobilidade e alta conectividade nos faz depender dos dispositivos móveis para diversas atividades do nosso cotidiano. E o futuro do e-commerce depende dessa realidade.

O comércio eletrônico está em plena expansão. A cada ano que passa, o percentual de todas as vendas no varejo tem sido diretamente impactado com a forma online de realizar compras. E não tenha dúvidas de que os dispositivos móveis serão responsáveis pelo exponencial crescimento do varejo eletrônico daqui para frente.

Quer entender melhor por que o futuro do e-commerce está no mobile? Confira ao longo deste artigo!

O que é mobile commerce?

Se podemos dizer que o futuro do e-commerce está no mobile, isso se deve ao m-commerce. Esse conceito envolve compras por meio de um dispositivo móvel (normalmente um smartphone), enquanto o comércio eletrônico envolve compras online por meio de seu computador.

O m-commerce vem se tornando um importante canal de compras – especialmente por conta da mudança dos hábitos dos consumidores. A Insider Intelligence prevê que o celular está cada vez mais perto de se tornar o canal preferido dos consumidores para compras online.

Sites de mídia social como Facebook, Twitter e Pinterest introduziram “botões de compra” que permitem que os compradores façam compras sem precisar sair da plataforma. E muitos varejistas introduziram o checkout com um clique em seus sites. Esse método exige que os compradores insiram suas informações de pagamento uma vez e, em seguida, podem usar a opção de um clique para fazer compras sem precisar digitá-las novamente.

O futuro do e-commerce está no mobile

A realidade está nos mostrando que a mobilidade é considerada, hoje, como sinônimo de crescimento quando se fala em comércio eletrônico. Associado às mídias sociais e compras on-line, os dispositivos móveis têm sido responsáveis por uma grande transformação nos padrões de consumo.

Essa mudança também tem impactado no comportamento do consumidor e na forma como produtos e serviços têm sido vendidos através das lojas virtuais adaptadas aos dispositivos móveis. Vejamos alguns exemplos que ilustram esse cenário e orientam o futuro do e-commerce:

  • O surgimento e o rápido crescimento da venda de aplicativos para dispositivos móveis;
  • A evolução dos serviços de assinatura;
  • O poder de decisão que um smartphone passou a ter durante um processo de compra;
  • A convergência entre redes sociais e dispositivos móveis na escolha e na aquisição de um produto ou serviço;
  • A disrupção do conceito de grandes setores do varejo com os novos padrões de consumo.
  • Desta forma, a experiência do usuário voltada aos dispositivos móveis tem sido vital para a conversão das vendas, garantindo, assim, o futuro do e-commerce nos próximos anos.

-> E-commerce em nuvem: modelo que acelerou as vendas online

Smartphones estão dominando o espaço do computador pessoal

Até pouco tempo atrás, o padrão mais comum entre grande parte dos consumidores com acesso à tecnologia era ter um desktop, um laptop e um telefone. Mas à medida que os smartphones se tornam mais ricos em recursos, as pessoas estão começando a confiar em seus telefones para preencher o papel de todos os outros aparelhos.

O resultado é que os dispositivos móveis estão se tornando a principal opção para navegação na web e compras online. Ou seja, o m-commerce vem ganhando popularidade graças a uma série de avanços tecnológicos que estão tornando mais fácil para os usuários comprarem em seus telefones.

Veja alguns dados que ressaltam por que o futuro do e-commerce está no mobile:

  • A Insider Intelligence prevê que o volume de comércio eletrônico atingirá US$ 620,97 bilhões, ou 42,9% do comércio eletrônico, em 2024. Existem dois dispositivos principais que impulsionam a revolução do comércio eletrônico: smartphones e tablets.
  • Apesar de historicamente sofrer baixas taxas de conversão devido à frustração do cliente por ter que fazer o checkout em uma tela pequena, os smartphones se tornaram a força motriz por trás do crescimento do m-commerce.
  • Segundo dados da Oberlo, 75% dos clientes realizam compras em seus telefones celulares.
  • De acordo com a Data Reportal, 67,1% da população mundial possuía um telefone celular em 2021.
  • Segundo a Invesp, as compras online no celular aumentaram de 8% para 15%, enquanto no desktop caíram de 78% para 63%.
  • Dados da Dynamic Yield apontam que 76% dos consumidores compram em dispositivos móveis porque economizam tempo.

Por que os aplicativos móveis fazem a diferença no futuro do e-commerce?

Os aplicativos são melhores em todos os aspectos, quando comparado a um site. No futuro, à medida que os smartphones se tornam mais poderosos e os apps mais amigáveis, eles certamente vão substituir os sites – e serão o futuro do e-commerce.

Usando aplicativos móveis, as empresas estão melhorando suas funcionalidades de uso. Assim, aumentam o nível de usabilidade de seus clientes para suas lojas virtuais.

O objetivo de um aplicativo móvel é se conectar e interagir com os clientes, tornando-se uma ferramenta valiosa para os negócios modernos. É a maneira mais acessível e eficaz de chegar aos clientes nos dias de hoje.

As vantagens de ter uma loja virtual como um aplicativo para dispositivos móveis são as seguintes:

Acelera as atividades online

Para comprar em um e-commerce, um usuário precisa iniciar um navegador da Web, inserir um URL e aguardar até que o site seja carregado. Por outro lado, os aplicativos móveis são rápidos e dificilmente demoram apenas alguns segundos para serem iniciados.

A maioria das informações são colocadas no próprio aplicativo. Assim, é possível acessá-lo offline. Além disso, existem certos recursos que funcionam de maneira eficiente, mesmo sem estar conectado. Devido à rapidez do app, os clientes são atraídos para os dispositivos móveis.

Reduz os custos

Aplicativos móveis reduzem os custos de mensagens SMS, boletins informativos em papel e outras formas de contato com o consumidor. Eles simplificam a comunicação com o cliente usando mensagens seguras, instantâneas e diretas. Os apps também reduziram a carga de trabalho da equipe, já que eles não precisam mais enviar solicitações de informações e fazer telefonemas de forma manual.

Desenvolve interesse em clientes

Os aplicativos para dispositivos móveis oferecem uma maneira fácil de apresentar seus produtos ou serviços aos seus clientes existentes e em potencial. Eles podem obter todas as informações sobre lançamentos e promoções na ponta dos dedos, como e quando eles exigem – o que reforça que os apps são, realmente, o futuro do e-commerce.

Lança um canal de marketing direto

Usando aplicativos móveis, você pode vender diretamente seus produtos para os usuários finais. Ele atende a muitas funcionalidades – como informações gerais, preços de produtos, recursos de pesquisa, feeds de notícias e assim por diante.

Por meio de notificações por push, você pode se aproximar ainda mais de uma interação direta com seus clientes e lembrá-los sobre os produtos e serviços sempre que necessário.

Agrega valor aos seus clientes e cria consciência de marca

Você pode estabelecer uma conexão verdadeira com seus clientes, fornecendo, por exemplo, um programa de fidelidade. Isso pode fazer com que mais clientes interajam com seus negócios e produtos.

Agregar valor e melhorar a conscientização da marca é comprovado como uma das formas mais poderosas de aumentar a fidelidade do cliente. Desde então, o mundo se tornou móvel, uma das maiores formas de melhorar a visibilidade e credibilidade da marca é através dos aplicativos móveis.

5 dicas para otimizar o seu e-commerce para mobile

Já vimos que o futuro do e-commerce está no mobile. Mas como colocar isso em prática na sua empresa?

Certamente, o primeiro passo é otimizar o seu e-commerce para mobile. Dessa forma, você consegue atrair clientes em potencial e proporciona uma boa experiência de compra em dispositivos móveis.

Veja algumas dicas para otimizar o seu e-commerce para mobile:

1. Opte por um design amigável para dispositivos móveis

Você pode ter um design de site empolgante quando se trata de visualizá-lo no laptop. Mas você já considerou se ainda parece agradável ao acessá-lo via celular?

Embora a tela grande permita que os clientes naveguem em seu site facilmente, você descobrirá que precisa ajustar o site para otimizá-lo para plataformas móveis.

Para fazer isso, você pode considerar aumentar os botões para obter mais visibilidade. Também é possível simplificar os menus para que o acesso às páginas possa ser feito facilmente. Ou que tal exibir imagens de produtos que também sirvam como um apelo à ação para os clientes considerarem a compra?

Seja qual for o design que você optar por fazer para o seu e-commerce, certifique-se de que ele esteja organizado adequadamente para fornecer uma experiência otimizada para dispositivos móveis que seus clientes gostem.

2. Escolha um conteúdo curto, mas apropriado

Ao navegar por sites usando um dispositivo móvel, pode ser visualmente cansativo devido ao tamanho da tela em comparação com o de um laptop, por exemplo. É por isso que é melhor planejar cuidadosamente o conteúdo do seu site ao direcioná-lo para uso móvel.

Considere estabelecer uma breve descrição do que é sua empresa, quais produtos ela oferece, seguida de uma chamada para ação (CTA) para que os clientes explorem mais sobre sua empresa.

Um conteúdo curto, mas relevante, reduz a tensão visual. Mais do que isso: ajuda os clientes a entender facilmente o objetivo do seu site e a decidir sobre as próximas ações a serem tomadas.

3. Garanta um tempo de carregamento rápido do site

Nada frustra mais os clientes do que um site que demora muito para carregar. Isso faz com que sua empresa afaste possíveis consumidores e, consequentemente, perca vendas.

Para colocar isso em prática, você pode testar a velocidade de carregamento do seu site em dispositivos móveis e fazer as alterações necessárias para manter o tempo de carregamento esperado em no máximo três segundos.

4. Forneça um processo de check-out fácil

Os dispositivos móveis devem facilitar a vida dos clientes, certo? Portanto, se o processo de check-out for complicado, isso seria bastante irônico.

Um processo de check-out complexo e tedioso resulta em abandono de carrinho e perda de interesse do cliente. E você não quer que o papel do seu suporte ao cliente se concentre apenas na resolução de reclamações de clientes em relação ao processo de compra, não é?

Forneça um processo de check-out simples para seus clientes, permitindo uma compra bem-sucedida em no máximo três páginas. Isso não só torna o processo de check-out mais rápido, como também reduz o esforço físico dos seus clientes.

Lembre-se de que o objetivo é que os clientes se sintam à vontade desde o momento em que visitam seu site até que façam uma compra bem-sucedida.

5. Elimine pop-ups e anúncios

Uma maneira de entregar uma experiência agradável do cliente nos dispositivos móveis é eliminar pop-ups e anúncios que podem aparecer com frequência ao visitar seu site.

É irritante quando os clientes visitam seu site apenas para serem recebidos por vários pop-ups ou anúncios. Torna-se ainda mais frustrante se mais desses pop-ups continuarem a aparecer para cada página que carrega.

É por isso que é melhor considerar diminuir esses pop-ups intrusivos – ou melhor ainda, eliminá-los – para que eles não incomodem os clientes e permitam que eles explorem seu site em paz.

-> Por que você não deveria subestimar a experiência do usuário no e-commerce?

Está preparado para o futuro do e-commerce?

O futuro do e-commerce não é definitivo. As empresas estão constantemente criando ideias e soluções, nos levando a diferentes experiências de compra e, sem dúvida alguma, os dispositivos móveis serão grandes responsáveis pela transformação que vivemos atualmente.

E você, o que espera do futuro do e-commerce? Deixe nos comentários. Até a próxima!