O Grupo EBD está presente no mercado há 45 anos e atualmente conta com 18 filiais distribuídas em nove estados do Brasil. Fundada em Ananindeua, no Pará, a empresa atua em todas as fases do ciclo de venda, indo do armazenamento ao ponto de venda. A EBD atua em três segmentos, sendo a distribuição, concessionárias e agronegócio.

 

Com um mix de produtos que varia entre alimentos, bebidas, cosméticos e produtos de limpeza na área de distribuição, a EBD teve como objetivo implementar uma nova modalidade de vendas entre os colaboradores da própria empresa. Para isso, a distribuidora firmou uma parceria com a LifeApps, que é uma empresa especializada em soluções para o comércio eletrônico e faz parte do Grupo Máxima.

 

Um dos diferenciais para essa escolha foi a integração nativa com o ERP utilizado, WinThor, além de fortalecer a parceria já existente com o Grupo. Enrico Montini, coordenador de Experiência do Cliente da EBD, revela  que o processo de implementação foi tranquilo. “A Life prestou todo tipo de atendimento que a gente poderia querer e as pessoas são muito solícitas”, compartilha Montini.

 

A estratégia utilizada pela empresa se chama Business to Employee (B2E), que em português significa “Empresa para Colaborador”. O propósito dessa modalidade é oferecer um benefício a mais para que o funcionário consiga fazer compras diretamente da empresa. É nessa novidade que a plataforma da LifeApps aparece, realizando a intermediação que possibilita essa negociação entre empresa e colaborador.

 

O processo de vendas anteriormente acabava não sendo acessível a todos os colaboradores. Isso porque os pedidos eram passados para uma analista de compras uma vez na semana e essa pessoa era responsável por editar cada pedido. Nessa dinâmica, alguns colaboradores de horários não comerciais, como turno noturno, ou até mesmo que não trabalhavam na sede da empresa, como vendedores e motoristas, não conseguiam realizar seus pedidos.

 

Além de ficar mais restrito a um determinado dia e horário, era mais difícil disseminar entre os funcionários a informação de que era possível realizar compras direto da empresa. Com o uso da plataforma de e-commerce desenvolvida pela LifeApps ficou mais fácil democratizar o acesso a esse benefício, tendo em vista que o site está disponível a qualquer momento para que os colaboradores possam fazer seus pedidos.

 

Outro ponto a ser considerado é que cada empresa tem suas regras de negócios e especificidades para o funcionamento das vendas e foi necessário realizar alterações para que o e-commerce se adequasse às necessidades da EBD. Enrico Montini relata que a perspectiva para o futuro é planejar e viabilizar as vendas para outras empresas, atuando no B2B à medida que o cenário de e-commerce na cadeia de abastecimento evolui.


O projeto da EBD foi surpreendente para a LifeApps, com um pioneirismo em vendas B2E e que mostrou novos insights para a plataforma. O CEO da LifeApps, Rafael Martins, conta que esse tipo de proposta, apesar de desafiadora, é fundamental para pensar o e-commerce de maneira inovadora. “Receber diferentes sugestões e feedbacks são o nosso combustível para pensar fora da caixa e trabalhar para proporcionar a experiência mais satisfatória aos nossos clientes”, finaliza Martins.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *