O surto de Covid-19 interrompeu significativamente os planos de negócios das empresas em nivel global, exigindo que os profissionais de marketing B2C e B2B busquem rápidamente articular suas estratégias para gerar leads e garantir que seu pipeline de vendas permaneça ativa.
 

Além de obrigadas a fechar temporariamente seus escritórios físicos e outros locais, grandes e pequenas empresas também tiveram que cancelar suas estratégias de negócios planejadas para esse ano em decorrência dos últimos acontecimentos.
 

Certamente, o impacto da pandemia representa um grande desafio para os negócios que buscam, com uso de estratégia de inbound marketing, gerar leads e atrair possíveis clientes interessados ​​nos produtos e serviços de suas marcas.
 

Por que a gerar leads é importante para o seu negócio?

Gerar leads provavelmente é o desafio mais comentado no mundo do marketing. Seja uma pequena empresa ou um grande negócio, gerar leads é o termo comum mais usado pela equipe de marketing e gerenciamento.
 

A conversão de leads é, na verdade, o que dá sentido para administrar um negócio. É como o sangue nas veias de uma organização.
 

Um lead pode ser qualquer pessoa que expressou seu desejo em seus produtos ou serviços. Um lead pode vir de várias fontes, como seu site, boca a boca ou até mesmo através de um telefonema.
 

Além disso, é o aspecto mais importante do Marketing Online que se refere ao desenvolvimento do interesse de um possível consumidor, fornecendo informações sobre seus produtos ou serviços.
 

A geração de leads está basicamente desenvolvendo tanto o interesse de uma pessoa que entra em contato com você para obter mais informações e talvez até acabe comprando.
 

Gerar leads é um começo para o processo que, em última análise, leva a um potencial consumidor a se transformar em um cliente comum. Portanto, é essencial ter uma estratégia de atrair de leads para a sua empresa.
 

Por que isso é importante?

Hoje, as empresas dependem muito de gerar leads, pois isso permite que os sites gerem mais tráfego. O processo leva a um aumento nas taxas de conversão, ajudando uma empresa a obter mais lucro.
 

O Google, por exemplo, simplificou o processo de conectar os consumidores e os fornecedores, ajudando os clientes em potencial a encontrarem exatamente o que precisam on-line. Os fornecedores também ganham, pois podem mostrar seus produtos e o porquê eles são diferentes dos de seus concorrentes.
 

Portanto, quando um cliente em potencial procura algo de que precisa e seu site chama a sua atenção, as chances de conversão são disparadas automaticamente. Um processo de gerar leads com qualidade tornará definitivamente mais fácil para o cliente e para o negócio se encontrarem, obtendo exatamente o que eles precisam on-line.
 

Táticas importantes para gerar leads

As empresas que usam a conversão de leads estão sempre um passo à frente da concorrência. Gerar leads é uma solução muito econômica, pois permite que a equipe de marketing e vendas trabalhe lado a lado e feche as lacunas de comunicação que possam ser um problema.
 

Alguns dos melhores métodos incluem blogs ou marketing de conteúdo. É uma estratégia muito popular e eficaz para gerar leads e até para pré-venda.
 

Além disso, a mídia social é uma ótima maneira de tornar sua empresa popular e conhecida por possíveis leads. A publicidade também é uma ferramenta clássica de atrair leads e tem muito potencial, mas pode ser mais cara do que as outras iniciativas.
 

· Marketing de Conteúdo

“O conteúdo é rei”, esse foi o tópico do ensaio, escrito por Bill Gates e publicado no site da Microsoft. Ele afirmou: “O conteúdo é onde eu espero que muito do dinheiro real seja ganho na Internet, assim como foi na transmissão”.
 

E essas palavras estão se tornando realidade após quase duas décadas, pois os blogs e o marketing de conteúdo são os melhores métodos para gerar leads. O marketing de conteúdo atrai e fornece conhecimento para o público interessado sobre o que você ou seus negócios têm a oferecer.
 

O que isso faz é facilitar o trabalho da equipe de vendas, ajudando a gerar leads relevantes com conhecimento prévio de seus produtos e serviços.
 

· Marketing de Mídia Social (SMM)

A mídia social está aumentando e é provavelmente a plataforma mais amplamente reconhecida para promover seus negócios. Através dela, é fácil obter popularidade rápida e, também, conhecer os possíveis leads.
 

O SMM (Social Media Marketing) aumentou seu alcance de ser apenas um meio de conectar pessoas on-line para se tornar o maior centro de conexão de pessoas com os produtos e serviços.
 

· Contratação de um especialista em gerar leads

Conseguir um gerador de leads definitivamente o ajudará a obter novos leads com os que você já possui. Os profissionais geradores de leads estão trabalhando e aprimorando suas habilidades e aperfeiçoaram o fornecimento da única coisa mais importante que existe para a maioria das empresas que deve gerar novos leads a partir do marketing digital.
 

· SEO (Otimização de Motores de Busca)

O Search Engine Optimization (SEO) é um processo essencial, que é feito para classificar sites. Quanto melhor a classificação do seu site, maiores as chances de ser visitado por um tráfego maior e relevante.
 

Mais tráfego significa mais leads e, se esses leads forem convertidos, não há oque impessa da sua empresa alcançar novos patamares.
 

A geração de leads é uma solução com ótimo custo-benefício e fornece resultados para todas as empresas que enfrentam problemas para elevar o resultado de seus negócios.
 

A conversão de leads também ajuda a empresa a criar uma relação mais estreita entre as equipes de vendas e de marketing, pois elas precisam trabalhar lado a lado para o desenvolvimento de sua empresa.
 

A geração de leads também pode ser possível empregando várias novas técnicas de Marketing Digital disponíveis no mercado.
 

Mudança sísmica na abordagem do marketing

Neste momento de pandemia global, o poder do marketing digital se tornou o catalisador para manter o envolvimento com seu público, e para gerar leads a curto e médio prazo.
 

O tempo da tela está explodindo, com mais profissionais trabalhando em casa do que nunca. A Vodafone relata um aumento de 50% no uso da Internet na Europa e, de acordo com o Índice Global da Web, 37% dos millennials e 23% da geração X confirmam que estão usando muito mais as mídias sociais desde o surto de coronavírus.
 

Sem surpresa, isso indica que seu público-alvo está definitivamente mais receptivo às atividades on-line agora e nos próximos meses. Isso é uma boa notícia, pois as campanhas de marketing digital podem ser implementadas rapidamente, adaptando o conteúdo existente para fornecer resultados mensuráveis, ​​e que movem dramaticamente às vendas.

 

Prepare-se para o cenário de pior caso

É essencial, neste momento, aceitar a ideia de que as coisas ficarão difíceis. Verifique seus números e monitore suas análises de perto, para que você possa tomar medidas adicionais para reduzir despesas desnecessárias.
 

Esta não é uma atitude pessimista, mas, sim, de senso comum.

 

Ao perceber que seu lucro provavelmente irá cair drasticamente e que você não poderá atingir os números desejados ou planejados, será possível planejar como se manter à tona em momentos como este. Prepare-se para algumas objeções inesperadas e aprenda como se preparar para os piores cenários de vendas.
 

Mude sua mentalidade

Agora que a prospecção e a rede de contatos pessoais foram suspensas, é lógico encontrar outra maneira de contornar e entrar em contato com seus clientes através dos canais que eles usam atualmente.

 

Isso significa que você terá que competir pela atenção deles com colegas de trabalho, parceiros, clientes e uma avalanche de notificações que recebem ao trabalhar em casa.
 

Ainda assim, o investimento em marketing será a estratégia mais segura e eficaz de prospecção e geração de leads no momento.
 

Estratégias de marketing dinâmico para preencher lacunas na geração de leads

Os planos de contingência de marketing devem minimizar o impacto comercial de campanhas tradicionais, eventos cancelados ou adiados, e permitirão que as organizações superem as interrupções devido ao coronavírus.
 

Em pesquisa feita pelo Gartner, os provedores de tecnologia e serviços relataram gastar uma média de 11% do orçamento de marketing em feiras de terceiros.
 

Entretanto, com a Pandemia de Covid-19, as empresas devem estar preparadas para dinamizar rapidamente as estratégias de marketing e realocar seus orçamentos nas campanhas utilizadas para capturar leads.

 

1. Redesenhar orçamentos de marketing

Em tempos de crise econômica, tradicionalmente, o marketing é o primeiro orçamento a ser cortado, enquanto na verdade deveria ser o último.

 

E as empresas que restringem seu marketing durante uma crise econômica porque acreditam que ninguém comprará suas soluções estão realmente prejudicando sua participação no mercado ao longo prazo.

 

Claramente, as comunicações em um clima econômico obsoleto são muito diferentes das iniciativas implementadas durante um período de expansão econômica.
 

Portanto, a chamada à ação de hoje para empresas B2B e B2C é continuar a impulsionar seus negócios, aumentando suas estratégias mensuráveis ​​e baseadas em relacionamentos, como marketing de pesquisa, email marketing, criação de leads e comunidades online.
 

2. Redirecionar seu público-alvo

É hora de revisitar seus segmentos de marketing. Tendo em mente a mudança nas necessidades do seu público, pontos problemáticos e a nova dinâmica de trabalhar em casa, você deve oferecer uma solução relevante para os dados de intenção recém-estabelecidos, a fim de maximizar o potencial de gerar leads.
 

3. Replicar atividades internas de marketing

É importante perceber que, não apenas o seu público-alvo está se transformando, mas também a dinâmica interna da sua organização. Portanto, a adaptação às operações remotas é essencial, desenvolvendo processos sólidos que atuam como alternativas às configurações tradicionais do escritório.
 

Forme pontes, torne os objetivos mais transparentes do que nunca e mantenha diretrizes rígidas para que todos sigam suas respectivas configurações. Além disso, aumente a comunicação entre os membros da equipe, realizando reuniões de vídeo regulares para orientar as operações e obter resultados efetivamente.
 

4. Realocar orçamentos para experiências digitais

Considerando que seus clientes e os em potencial estão trabalhando em casa, isso reforça o fato de que eles têm maior probabilidade de passar um tempo imenso na frente de suas telas.
 

Portanto, para melhorar sua taxa de resposta, você precisará reformular suas estratégias para alocar a maior parte do seu orçamento nas fronteiras digitais e utilizar substitutos virtuais para gerar demanda.
 

5. Geração de conteúdo digital rico

Como afirmado, a revisão dos perfis de seus clientes-alvo é essencial em termos de fornecer a eles as informações e soluções que estão procurando.
 

Como ficar em casa é a nova normalidade, as perspectivas estarão dispostas a se envolver com você, se você estiver presente em suas casas, através de suas telas, oferecendo alternativas aprimoradas para se ajustar às necessidades prevalecentes.
 

6. Realize eventos virtuais

O mundo dos eventos virtuais é ainda maior do que parece. Portanto, em vez de chorar sobre o leite derramado, substitua eventos adiados ou cancelados por eventos virtuais e disponibilize todos os seus programas digitalmente.
 

Além disso, as boas notícias são que, independentemente do setor ao qual você pertence ou do tamanho da sua empresa, atrair, envolver e converter clientes em potencial é mais simples e mais produtivo com eventos virtuais.
 

7. Ofereça seminários on-line

Os seminários on-line provaram ser uma das melhores práticas usadas para abordar massas e educá-las sobre seu produto / serviço de uma só vez.
 

Envolver seu público-alvo com uma sessão interativa de perguntas e respostas no final de cada webinar pode permitir que você entenda certas brechas e resolva os problemas existentes para causar um impacto coletivo.
 

Mantenha as linhas de comunicação com seus clientes abertas

Com mais pânico do que raciocínio, muitas empresas em todo o mundo foram incapazes de se sustentar e se adaptar às mudanças do ambiente.
 

Por outro lado, tornou-se cada vez mais necessário revisar estratégias de marketing e realocar recursos para direcionar esforços em direção a alternativas valiosas, e usar ferramentas on-line para manter e multiplicar a geração de leads.
 

Para conseguir reduzir o impacto da pandemia, a personalização está na ordem do dia. Somente as empresas que têm uma visão verdadeira de seus clientes em potencial, o que os faz funcionar, o que os mantém acordados à noite e porque eles devem se envolver, poderão continuar a buscar seu objetivo final, aumentando o engajamento e convertendo novas vendas.

 

E você, como tem encarado a geração de leads diante da pandemia?