Ao desenvolver uma campanha de Black Friday, algo que não pode ser deixado de lado é a avaliação da estratégia. É fundamental ter uma visão de quais resultados poderão ser alcançados para otimizar as atividades e tornar os processos mais competitivos, sempre se colocando à frente da concorrência.

Ao estruturar um planejamento de campanha de Black Friday para e-commerce, portanto, é importante observar alguns itens para que se possa identificar gargalos e onde as mudanças devem ser executadas.
 

A ideia é que sejam feitas melhorias nos processos para operações online mais certeiras, a para que a satisfação dos clientes seja garantida. Sabemos, no entanto, que ter o controle sobre toda a mecânica da sua operação na Black Friday é uma tarefa um tanto quanto complexa. 
 

Afinal, é preciso administrar o mix de produtos, criar promoções, controlar a logística para as entregas, fazer a categorização de produtos e elaborar as campanhas de marketing: tudo isso exige diversas habilidades.
 

Foi pensando em ajudá-lo a ter um maior faturamento que desenvolvemos este checklist para a sua campanha de Black Friday. Acompanhe!
 

Checklist para ter uma campanha de Black Friday de sucesso

Confira, a seguir, o que você precisa saber para uma campanha de Black Friday de sucesso, e promova as mudanças necessárias para o seu negócio.  
 

Mix de produtos

Qualquer campanha de Black Friday deve ir além de apenas baixar os preços dos produtos, tendo em vista que, para ter lucro, você precisa conhecer exatamente os custos de cada um deles.
 

Ao definir o mix de produtos que será vendido no seu e-commerce, veja aqueles que trazem mais lucros e dê destaque a eles nas campanhas de marketing, por exemplo.
 

Além disso, também aposte em produtos que chamem a atenção dos seus clientes, mesmo que não tragam tanta lucratividade. Eles podem servir como chamariz para que o usuário compre outros itens, que tragam mais lucros.
 

Definição da equipe

O trabalho de um e-commerce aumenta de forma considerável durante uma campanha de Black Friday. Por isso, é importante deixar a equipe muito bem organizada. Em alguns casos, recomenda-se até mesmo a contratação de funcionários temporários ou freelancers para ajudar a atender à demanda.
 

É imprescindível que o atendimento ao cliente, os processos de rotina, os comandos de logística, a manutenção das tecnologias, entre outras atividades sejam feitas com maestria durante a campanha de Black Friday.
 

Por isso, reavalie a sua equipe e veja se é necessário definir responsáveis por cada área.
 

Escolha da plataforma de vendas

O seu e-commerce precisa operar em uma plataforma de boa qualidade, não apenas durante a campanha de Black Friday, mas em todos os dias do ano. No entanto, no decorrer período de promoção, os acessos aumentam, e isso não pode ser sinônimo de uma experiência ruim para os usuários.
 

Além da experiência de compra fácil e intuitiva, você precisa garantir uma plataforma de e-commerce estável, que não cairá durante uma tentativa de compra, por exemplo. Afinal, se isso acontecer, as chances de o cliente abandonar o site e adquirir os produtos que deseja em um concorrente são grandes.
 

Também é importante que a plataforma seja responsiva, ou seja, que se adapte ao tamanho de tela utilizada pelo cliente. Não importa se a pessoa acessa o site ou aplicativo em um computador, tablet ou celular: a boa experiência deve ser sempre garantida.

 

Garantia de segurança

A sua estratégia de campanha de Black Friday também precisa garantir a segurança dos clientes. Para isso, é muito importante que o site do seu e-commerce tenha um certificado SSL, por exemplo. Outros selos, como o Ebit e o Google Safe também podem ajudar o usuário a ter mais confiança para compartilhar informações com você.
 

Para evitar problemas futuros, também é importante garantir que seu site esteja adequado à nova Lei Geral de Dados (LGPD). Informar-se sobre isso é importante, tendo em vista que a legislação já está em vigor no nosso país.
 

Investimento em marketing

As estratégias de marketing também devem ser intensificadas durante a campanha de Black Friday. Aqui, vale todas as premissas básicas para uma estratégia de publicidade na web, como o conhecimento aprofundado dos seus públicos e personas, para que sejam criados anúncios mais efetivos.
 

Estruturar uma campanha nas redes sociais é fundamental para a obtenção do sucesso na Black Friday, tendo em vista que as pessoas que compram pela internet, geralmente, têm perfis em mídias como o Facebook e o Instagram.

 

Além disso, o Google Ads pode ser bem interessante para divulgar links de produtos específicos e ficar mais bem posicionado nas buscas. 
 

Para quem já é seu cliente, aposte em promoções exclusivas, como o envio de newsletters, destacando os produtos que serão vendidos na Black Friday. Também é uma boa ideia oferecer cupons de descontos. Isso chama a atenção e faz com que os usuários comprem mais de você.
 

Estratégias de SEO

Dar uma revisada geral em suas estratégias de SEO antes de iniciar uma campanha de Black Friday também é interessante, para que o seu e-commerce seja mais bem ranqueado no Google, de forma orgânica.
 

Entre os pontos que devem ser revisados estão:

  • o nome dos produtos;

  • a descrição de cada item;

  • a meta-descrição dos sites;

  • as tags em que eles se encontram;

  • os títulos das páginas de cada produto;

  • as URLs de cada item, que devem ser amigáveis;

  • o nome dos produtos nas imagens cadastradas;

  • a velocidade da loja virtual.
     

Uma boa ferramenta para testar o SEO do seu site e ver pontos que podem ser melhorados é o GTmetrix. Além de ser simples de usar, ele também é gratuito.
 

Gestão de atendimento

Uma das principais áreas que devem ser reforçadas durante a Black Friday é a gestão de atendimento. Você deve garantir que os clientes sejam bem atendidos em todos os canais, tendo as suas dúvidas esclarecidas.
 

Os canais para atendimento de um e-commerce são muitos, como os chats online, as chamadas telefônicas, os mensageiros das redes sociais, o WhatsApp, entre outros. É importante que os atendentes fiquem atentos a todos eles, para evitar que qualquer cliente fique sem resposta.
 

Uma boa ideia para fazer a gestão de atendimento é usar ferramentas, como o atendimento híbrido de chat, que mescla interações humanas com as de robôs. Dessa forma, pode ser criada uma espécie de FAQ, com as dúvidas mais comuns dos clientes.
 

Essas respostas automáticas servem para fazer uma triagem do atendimento, esclarecendo as dúvidas mais comuns. Caso as solicitações sejam muito específicas, os atendentes humanos entram em ação e respondem as pessoas.
 

Gestão de pós-vendas

Também é importante fazer uma gestão de pós-vendas em sua estratégia para Black Friday. Esse ponto é necessário para que se possa fidelizar clientes e fazer com que eles continuem comprando de você, mesmo após o término dos períodos de promoções.
 

Uma estratégia que pode ser desenvolvida nesse momento é a clusterização. Trata-se do agrupamento de clientes com comportamentos similares para trabalhar campanhas e produtos exclusivos para esses grupos.
 

Imagine, por exemplo, um e-commerce que venda roupas masculinas, femininas e infantis. Nesse caso, uma pessoa que compra várias peças para crianças na Black Friday, provavelmente, é um pai ou mãe, que precisa abastecer o guarda-roupas do filho.
 

Sabendo que crianças crescem rápido e que as roupas ficam pequenas em poucos meses, é uma boa estratégia separar esse grupo de clientes em uma lista e enviar e-mails posteriormente, mostrando novas promoções ou produtos para o segmento infantil.
 

Esse é apenas um exemplo de clusterização. Você pode agrupar os clientes por tipo de produto adquirido, localização geográfica, quantidade de compras, entre outras segmentações, sempre visando uma fidelização.
 

Além disso, no pós-vendas, também devem ser pensadas questões logísticas, como a garantia de que as entregas sejam feitas aos clientes. Por isso, você deve contratar transportadoras de confiança, além de fazer o monitoramento de carga, para evitar qualquer extravio ou outro problema. 
 

Também é importante que sejam definidas as políticas de trocas. Caso o consumidor se arrependa da compra, ou seja necessário trocar o item, como quando uma peça de roupa fica maior ou menor, por exemplo, garante que isso seja feito gratuitamente.
 

Algumas transportadoras já oferecem esse serviço incluso nos pacotes contratados. Por isso, avalie esse ponto antes de fechar o negócio. 
 

Erros comuns 

Ao fazer uma campanha de Black Friday, também é importante colocar no seu checklist os erros mais comuns de serem cometidos. Sãi eles:
 

Estoque insuficiente

Garanta que você tenha todos os produtos necessários para suprir as necessidades de seus clientes. De nada adianta investir em marketing e, depois, o produto se esgotar rapidamente. Isso deixará os clientes frustrados.
 

Não cumprimento dos prazos

Algo que realmente frustra qualquer consumidor é o não cumprimento dos prazos de envio dos produtos. É necessário garantir que as mercadorias cheguem no tempo certo ao destinatário, contratando empresas de confiança.
 

Não planejar bem os descontos

Os descontos maiores devem ser dados nos produtos que têm mais apelo com a clientela ou com os quais você tem mais margem de lucro. Tentar usar a data para apenas “queimar” o estoque, sem se certificar de que os clientes realmente têm interesse no que você está oferecendo, é algo que não deve ser feito.
 

Aumentar os preços antes da Black Friday

A estratégia que ficou popularmente conhecida como “Black Fraude” não deve sequer ser cogitada pelo seu e-commerce. Nesse tipo de ação, as empresas aumentam muito o preço dos itens alguns dias antes do evento e, depois, aplicam descontos, fazendo parecer que eles são maiores. 
 

Isso faz com que as lojas caiam em descrédito com o público, de forma que a reputação fique manchada e a imagem do seu negócio seja prejudicado. O público está cada vez mais consciente e preparado para não cair em estratégias pouco éticas como essa. Por isso, jamais pense em fazer isso no seu e-commerce.
 

Esse é o nosso checklist com itens que não podem faltar em sua campanha de Black Friday. Verifique cada um dos pontos, garanta que eles sejam cumpridos e tenha muito mais lucros no seu e-commerce.
 

E, para continuar se informando sobre o assunto, não deixe de conferir o nosso artigo sobre o comportamento de compra do consumidor na Black Friday. Ele traz informações valiosas para que o seu e-commerce tenha mais sucesso no maior evento de descontos do mundo.